Inicio » Esporte » F1 – Rosberg leva pole em treino marcado por surpresas na Hungria

F1 – Rosberg leva pole em treino marcado por surpresas na Hungria

O alemão Nico Rosberg conquistou neste sábado a pole position para o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1. Com o tempo de 1min22s715 no Q3, o alemão da Mercedes deixou para trás o tetracampeão Sebastian Vettel, segundo colocado com a Red Bull, em uma sessão marcada pelas surpresas desde o Q1.

Alemão da Mercedes levou a melhor no duelo contra Vettel e faturou o primeiro lugar
Alemão da Mercedes levou a melhor no duelo contra Vettel e faturou o primeiro lugar

Entre as zebras do grid de largada, as principais foram Lewis Hamilton e Kimi Raikkonen, que ficaram ainda no Q1. O britânico da Mercedes viu seu carro pegar fogo ainda antes de uma volta cronometrada, largando apenas na 21ª posição. Já o finlandês da Ferrari não conseguiu ser competitivo e conquistou a 17ª posição.

No Q3, um princípio de chuva quase tirou da prova o próprio Nico Rosberg, que precisou controlar o carro na Curva 1 para não bater. O dinamarquês Kevin Magnussen não teve a mesma sorte e bateu nos pneus; como não registrou tempo, largará na décima colocação.

Felipe Massa, da Williams, teve seu melhor desempenho do fim de semana. Depois de andar em 10º nos dois primeiros treinos livres e em 11º no terceiro, o brasileiro reagiu e conquistou o sexto lugar, dividindo a terceira fila com o espanhol Fernando Alonso. À frente deles, estarão Valtteti Bottas (terceiro com a Williams) e Daniel Ricciardo (quarto com a Red Bull).

Agora, os pilotos voltam à pista para o Grande Prêmio da Hungria neste domingo. A largada está marcada para as 9h (horário de Brasília). 

O treino

O Q1 deste sábado começou com Pastor Maldonado, da Lotus, abandonando com problemas prematuros. Primeiro piloto a marcar uma volta, o japonês Kamui Kobayashi (Caterham) registrou 1min28s755. Na sequência, Jenson Button assumiu o topo da tabela de tempos com a marca de 1min16s913.

A principal surpresa do treino, porém, estava para vir: antes mesmo de registrar sua primeira volta cronometrada, Lewis Hamilton viu a traseira de seu carro pegar fogo. O britânico da Mercedes abandonou o Q1 prematuramente, e terá que largar no domingo sem tempo na 21ª posição, dividindo a última fila com Pastor Maldonado.

Neste momento, Felipe Massa era o líder da sessão, com 1min26s771. No entanto, Valtteri Bottas marcou 1min25s690 e assumiu a primeira posição. Depois, como esperado, Nico Rosberg pulou para primeiro, com 1min25s353, seguido de Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel. Porém, de surpresa, Jean-Eric Vergne baixou para 1min24s941 e assumiu a liderança.

Para encerrar as surpresas do treino, Jules Bianchi conquistou uma vaga no Q2 na última tentativa, conquistando o 16º lugar. Pior para Kimi Raikkonen, com 1min26s792, que ficou com o 17º lugar. Além dele, caíram na knock out zone: Kamui Kobayashi (18º), Max Chilton (19º), Marcus Ericsson (20º), Lewis Hamilton (21º) e Pastor Maldonado (22º).

No Q2, Valtteri Bottas registrou a melhor volta, com 1min24s001, com Massa em segundo. Mas logo Rosberg acabou com a brincadeira e marcou a melhor volta do fim de semana até então, marcando 1min23s310 e colocando 0s691 em cima do finlandês da Williams. Mais tarde, Vettel e Ricciardo também superaram Bottas.

Massa foi o quinto colocado do Q2, à frente de Alonso, Button, Magnussen, Vergne e Hulkenberg. Acabaram eliminado Daniil Kvyat (que rodou no fim), Adrian Sutil, Sergio Perez (que poupou pneus), Esteban Gutierrez, Romain Grosjean e Jules Bianchi.

O começo do Q3 foi marcado também pelo começo de uma chuva leve. Com apenas dois minutos, Rosberg escapou na Curva 1, mas evitou uma batida. Jenson Button vinha atrás e também segurou o carro. No entanto, Kevin Magnussen vinha na sequência, escapou e bateu nos pneus, provocando uma bandeira vermelha.

Com o tempo correndo, Bottas assumiu o primeiro lugar, com 1min24s259, à frente de Alonso (1min24s880) e Button (1min25s263). Porém, rapidamente perdeu a posição para Vettel (1min23s415) e depois para Rosberg (1min23s236). Massa fez sua primeira volta do Q3 ainda com o asfalto úmido, sem trilho, andando em 1min26s.

Na segunda tentativa, Massa marcou 1min24s223, subindo para o quarto lugar – superado depois por Alonso. Com o cronômetro zerado, Vettel tomou a primeira posição, marcando 1min23s201. Porém, na última tentativa, Rosberg deu o troco na compatriota e fez a melhor volta do fim de semana, 1min22s715, assegurando a pole.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).