Inicio » Mais Seções » Saúde – Entenda como os chás podem ser benéficos a sua saúde

Saúde – Entenda como os chás podem ser benéficos a sua saúde

Nada melhor do que se aquecer naquele dia friozinho com uma caneca bem quentinha de um saboroso chá. Preparado através da infusão de folhas, flores, raízes, especiarias, frutos e ervas, existe uma variedade de sabores para todos os gostos que podem trazer inúmeros benefícios à saúde.

Entenda como os chás podem ser benéficos a sua saúde (Crédito: Divulgação)
Entenda como os chás podem ser benéficos a sua saúde (Crédito: Divulgação)

Para ajudar a entender como os chás podem ser benéficos a saúde, a nutricionista Cintya Bassi aborda o porquê essa bebida pode ser a queridinha do inverno.

Os chás são valorizados pelas suas propriedades funcionais, ou seja, além da função nutricional, possuem substâncias que trazem outros benefícios à saúde, como propriedades calmantes “essas substâncias possuem efeito relaxante e auxiliam no alívio da ansiedade, por exemplo, a camomila possui uma flavona chamada apigenina que possui efeito analgésico e uma substância que relaxa o sistema nervoso e age como tranquilizante natural.

Os mais recomendados com esta finalidade são: capim cidreira, camomila, erva doce, maracujá, maçã, valeriana, melissa e alfazema”, explica a profissional.

“Em primeiro lugar, para aproveitar os benefícios do chá é preciso saber preparar a infusão. O mais adequado é desligar o fogo após a fervura da água e acrescentar duas colheres de chá da erva para cada 250 ml de água. Abafe por cerca de 5 a 10 minutos e coe. Se o objetivo é combater a ansiedade, indica-se o consumo de três copos da infusão durante o dia entre as refeições. Porém se o objetivo é melhorar a qualidade do sono, um copo antes de deitar é o suficiente”, diz a nutricionista.

Gestantes e crianças devem ficar atentos às ervas consumidas e buscar orientação de nutricionista ou médico antes do consumo de algumas ervas como a valeriana.

Embora sejam escassos os estudos que abordam a periculosidade de alguns chás para gestantes, sabe-se que o consumo deve ser cuidadoso, especialmente no primeiro trimestre, “Alguns podem ser abortivos como o chá de canela, cravo da índia e carqueja. Outros possuem uma quantidade considerável de cafeína que estimula o sistema nervoso central, podendo causar agitação e taquicardia para a mãe e o bebê”. Em 2002, no Rio de Janeiro, uma portaria da Secretaria de Saúde contraindicou o consumo de alguns chás na gestação, baseado em um estudo que identificou que o chá de erva doce, espinheira santa, erva cidreira, camomila e boldo são emenagocos, ou seja, provocariam a menstruação.

Outro estudo realizado em 2011 contra indica o consumo de chá de boldo, arruda, espinho cheiroso e alumã”, explica a profissional. Os chás de gengibre, alfazema e hortelã, não demonstraram contraindicação para as gestantes, de qualquer maneira, é importante consultar seu médico e nutricionista, para consumir ervas sem acarretar risco para a gestação.

As crianças também podem aproveitar os benefícios dos chás, porém a nutricionista esclarece que devem ser ofertados sem ou com o mínimo possível de açúcar, “Os chás de ervas, como hortelã, erva doce e camomila, são os mais indicados para crianças, por serem reconhecidamente seguros e sem cafeína”.

Para quem não vive sem cafeína, a nutricionista indica, “Os chás-mate, verde, preto e hibisco são chás que possuem cafeína em sua composição e são considerados fontes da substância, embora em menor quantidade que o café. Não se recomenda um consumo maior que 300 mg ao dia da substância e cada xícara de chá possui entre 20 e 60mg de cafeína, as variações ocorrem de acordo com fatores como: região do plantio, processamento da indústria, quantidade de água utilizada no preparo, etc.”.

Alguns chás são conhecidos pelas suas propriedades digestivas, e possuem propriedades antissépticas, calmantes e analgésicas eficazes nos problemas estomacais, “É o caso do hortelã, hibisco, capim- limão, boldo, menta, psilium, cáscara sagrada, chá verde, gengibre, sendo seu consumo recomendado após as refeições. É importante ressaltar porém, que dor de estomago persistente deve ser avaliada pelo médico e não tratada com chás” indica a nutricionista do São Cristóvão.

Para quem deseja saber os sabores mais indicados para a hora de dormir, a nutricionista indica “Capim cidreira, camomila, erva doce, maracujá, maçã, valeriana, melissa e alfazema, pois possuem efeito calmante e ansiolítico”, finaliza a profissional.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Homem briga e morre na frente da namora em baile funk

MG – Homem briga e morre na frente da namora em baile funk

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.MG – Homem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).