Inicio » Internacional » América » EUA – Assaltante é ridicularizado por usar saco plástico na cabeça

EUA – Assaltante é ridicularizado por usar saco plástico na cabeça

Um homem que assaltou uma loja de conveniências em Belleville, Illinois, nos EUA, está sendo procurado pela polícia local. Para praticar o crime, o assaltante usou um disfarce pouco convencional e pouco efetivo: colocou um saco plástico transparente na cabeça. As informações são do Mirror.

Seu disfarce ganhou repercussão na web devido ao fato de não esconder em nada a sua identidade
Seu disfarce ganhou repercussão na web devido ao fato de não esconder em nada a sua identidade

Segundo a publicação, o acusado ainda não foi localizado pela polícia. Seu disfarce ganhou repercussão na web devido ao fato de não esconder em nada a sua identidade. O saco estava rasgado e deixava seu rosto à mostra.

O assalto aconteceu na última sexta-feira. De acordo com as informações, ele teria ameaçado o atendente da loja com o que parecia ser uma arma escondida. Assustado, o balconista não reagiu e o assaltante deixou o lugar com uma quantidade de dinheiro que não foi revelada. 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).