Inicio » Minas Gerais » Belo Horizonte » MG – Avô suspeito de abusar sexualmente da neta de 5 anos

MG – Avô suspeito de abusar sexualmente da neta de 5 anos

A Polícia Militar procura por um homem de 60 anos suspeito de estuprar da neta, uma menina de 5 anos. O crime teria ocorrido na última sexta-feira (25), na casa do homem, no bairro Novo Progresso 2ª Seção, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte.
MG - Avô suspeito de abusar sexualmente da neta de 5 anos
MG – Avô suspeito de abusar sexualmente da neta de 5 anos

No entanto, somente na segunda-feira (28) a mãe da criança procurou à PM para relatar o abuso. Conforme a mulher, a menina contou que havia sido acariciada nas partes íntimas pelo avô e fazia o tempo todo os movimentos feitos pelo suspeito. A mãe contou que não denunciou o crime anteriormente pois teve medo de represália de outros familiares.

Ela só decidiu fazer a ocorrência porque a filha não parava de passar as mãos em seu órgão genital. A menina foi levada para o Hospital Municipal de Contagem, onde foi submetida a exames. Na unidade de saúde, conforme a PM, a criança repetiu a história do abuso para a médica e também os gestos supostamente feitos pelo avô.
O homem não foi localizado.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).