Inicio » Minas Gerais » MG – Policia Civil apura causa de incêndio que matou três crianças

MG – Policia Civil apura causa de incêndio que matou três crianças

A Polícia Civil começou a investigar nesta quarta-feira (30) o incêndio que matou três crianças em Presidente Olegário, região Noroeste de Minas. As vítimas estavam sozinhas no quarto da residência, que pegou fogo na tarde de terça-feira (29). Elas morreram carbonizadas na hora
 
MG - Policia Civil apura causa de incêndio que matou três crianças
MG – Policia Civil apura causa de incêndio que matou três crianças

Conforme o delegado Vinícius Volf Vaz, por causa da tragédia, a casa ficou sem energia elétrica, o que impossibilitou o início do trabalho da perícia ainda na noite de ontem. Ele disse que aguarda o laudo da perícia, que vai apontar a causa do incêndio. Ainda de acordo com o delegado, é prematuro dizer se o incêndio foi criminoso.

 
Segundo a Polícia Militar, Cleidiane Maria de Jesus, de 23 anos, deixou os filhos sozinhos e, quando retornou a casa estava incendiando. Ela tentou resgatar as crianças, mas Wingrid Oliveira de Jesus, de 4 anos, e os gêmeos Rian e Ruan de Jesus Lopes, de 1 ano e 8 meses, já estavam mortos.
 
Cleidiane foi levada para um hospital pois sofreu queimaduras e inalou fumaça.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).