Inicio » Montes Claros » Montes Claros – CMDCA realiza reuniões itinerantes nas entidades que atendem Crianças e Adolescentes

Montes Claros – CMDCA realiza reuniões itinerantes nas entidades que atendem Crianças e Adolescentes

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Montes Claros (CMDCA) começou nesta quarta-feira, 30, a realizar reuniões ordinárias e itinerantes nas sedes das instituições cadastradas e aptas a ter voz e voto nas reuniões.

A primeira instituição a receber a reunião ordinária foi a Associação Norte Mineira de Apoio ao Autista (ANDA). A novidade foi bem recebida pelos conselheiros que aproveitam a oportunidade para, além de maior integração entre as instituições, conhecer um pouco mais da realidade que elas vivem.

Everaldo Ramos, presidente do CMDCA explica que esta reunião ordinária na sede das instituições é uma novidade e que a prática vem de encontro aos preceitos do conselho e seus objetivos que é ficar mais próxima das instituições.

“Essa proximidade entre as instituições é importante para os conselheiros que não conhecem, mas que tem poder de voto, o trabalho que vem sendo desenvolvido pelas associações que fazem parte do CMDCA e pensem melhor na hora de decidir sobre a liberação de verbas para as instituições”, explica.

Esse processo, segundo ele, é para justamente dar credibilidade e transparência ao conselho e suas ações, sempre com o envolvimento na busca por melhorias no atendimento às crianças e adolescentes assistidos pelas entidades integrantes do CMDCA.

ANDA foi sede da primeira reunião ordinária do CMDCA de Montes Claros
ANDA foi sede da primeira reunião ordinária do CMDCA de Montes Claros

“A ANDA, por exemplo, é uma instituição séria que desenvolve um trabalho importante para a comunidade ao atender crianças, adolescentes e jovens com autismo e suas famílias. Mas ela ainda, precisa se estruturar fisicamente. Tanto que está em campanha e busca verbas para a conclusão dos seus projetos. Temos que apoiar projetos sérios como este”, frisa Everaldo Ramos.

Atualmente a ANDA assiste 65 crianças, adolescentes e jovens de 89 cidades do Norte de Minas. Já o CMDCA, possuiu 32 instituições regulares cadastradas.

Keilia Marielle Neri Santos, vice-presidente da ANDA, conselheira titular e mãe de autista, conta que receber a primeira reunião do CMDCA é motivo de orgulho para a instituição e importante para que os demais conselheiros conheçam a realidade das outras instituições parceiras.

“Essa é uma ótima oportunidade para que os conselheiros possam conhecer o trabalho que é desenvolvido na instituição. Além de verificar ‘in loco’ todo o trabalho que está sendo desenvolvido dentro das instituições e que é amplamente divulgado pela mídia. Isso acrescenta valor para as instituições e mostra o trabalho sério que elas desenvolvem”, explica a vice-presidente da ANDA.

A próxima reunião do CMDCA será no final de agosto no Projeto de Apoio à Criança e Adolescente (PAC), no bairro Vilage do Lago II. 

Por Wesley Gonçalves

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Um comentário

  1. Adenivá Chaves de Assis

    O conselho CMDCA tem muita importância para as instituições cadastrada no conselho , espero continuidade dos trabalhos realizado no conselho, e que as instituições tenha total participação.