Inicio » Mais Seções » Saúde – Gel de estrogênio é aliado contra depressão feminina

Saúde – Gel de estrogênio é aliado contra depressão feminina

A depressão é uma doença duas vezes mais comum em mulheres do que em homens. Novas evidências mostram que um particular grupo de mulheres sofre também do que os médicos chamam de depressão reprodutiva, quando a saúde mental é afetada por oscilações da progesterona, hormônio lançado no ovário durante a segunda metade do ciclo menstrual. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail. 

Um gel à base de estrogênio pode auxiliar na depressão causada por oscilação hormonal
Um gel à base de estrogênio pode auxiliar na depressão causada por oscilação hormonal

Um gel à base de estrogênio, vendido sob prescrição médica, seria a solução mais rápida para resolver o problema. 

A progesterona prepara o corpo para a gravidez no caso do óvulo ser fertilizado. No momento da ovulação, os níveis de progesterona aumentam. Os médicos acreditam que algumas mulheres são mais vulneráveis a isso.

Se este aumento não for tratado, por duas semanas entre a ovulação e o período menstrual, essas mulheres sofrem uma dramática mudança de personalidade: se tornam deprimidas, com pensamentos suicidas, choram o tempo todo e têm acessos de raiva.

Quando a menstruação começa, os níveis de progesterona caem e elas sofrem uma nova mudança de humor, desta vez, para melhor.

Para investigar por que isso acontece e o melhor tratamento, o psiquiatra Michael Craig abriu uma clínica especializada em hormônio feminino. Em parceria com o ginecologista Mike Marsh, eles irão avaliar e tratar mulheres com problemas mentais nos períodos de flutuação hormonal.

Craig afirma que as mulheres que sofrem de mau humor durante este período são particularmente vulneráveis à depressão em outros momentos em que os hormônios também ficam mexidos, como no pós-parto ou durante a menopausa.

O estrogênio para a ovulação, colocando um fim na oscilação de humor durante os ciclos hormonais, daí a eficácia do gel. 

Especialistas alertam que as mulheres que identificarem estas mudanças de humor devem procurar saber mais sobre os hormônios, para não serem medicadas erroneamente com antidepressivos. 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura NM - Hungria se apresenta em Bocaiuva

Cultura NM – Hungria se apresenta em Bocaiuva

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Cultura NM – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).