Inicio » Internacional » Europa » Europa – Veterinário perde licença após fazer sexo com cão e cavalo

Europa – Veterinário perde licença após fazer sexo com cão e cavalo

Um veterinário que fez um vídeo fazendo sexo com um cavalo e um cachorro foi banido de exercer a profissão no Reino Unido, de acordo com o Daily Mail.

Oliver Fraser Lown não poderá mais trabalhar como veterinário
Oliver Fraser Lown não poderá mais trabalhar como veterinário

Oliver Fraser Lown, do condado de Suffolk, Reino Unido, recebeu cinco acusações do comitê disciplinar Royal College of Veterinary Surgeons. Segundo a organização, o homem colocou o vídeo na internet e foi identificado por uma tatuagem que tem na perna. Além disso, outros materiais, de alto teor pornográfico, foram encontrados com Oliver.

O ex-veterinário já havia sido ouvido pela Justiça em 2012 por colecionar filmagens “extremas” de pessoas fazendo sexo com animais.

Oliver se formou em uma universidade de Budapeste, na Hungria, e adquiriu seu registro para trabalhar como veterinário em 2013. Ele nunca atuou no Reino Unido.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).