Inicio » Mais Seções » Japoneses criam ‘mesa preguiçosa’ para usuários de notebook

Japoneses criam ‘mesa preguiçosa’ para usuários de notebook

Uma empresa japonesa criou uma Lazy Desk (do inglês, “mesa preguiçosa”) para usuários de notebooks que desejam usar seus equipamentos deitados, sem sair da cama ou do sofá. O produto da Thanko promete total segurança ao usuário, ao impedir que o aparelho caia no colo.

Lazy Desk para usar o computador sem sair da cama
Lazy Desk para usar o computador sem sair da cama

Chamado de Super Upward Looking Dozen Desk, a mesa de notebook consegue ser posicionada graus por meio de suas duas pernas com três dobradiças. O produto possui cooler (ventoinha) para evitar aquecimento no notebook e mesmo no colo do usuário.

A mesa custa 8.980 ienes (cerca de R$ 198) e, inicialmente, será comercializada apenas no Japão. 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).