Inicio » Mais Seções » ‘Tablet’ é primeira palavra dita por 1 em cada 8 crianças

‘Tablet’ é primeira palavra dita por 1 em cada 8 crianças

Uma pesquisa revela que “tablet” é a primeira palavra dita por uma em cada oito, antes “mamãe” ou “papai”. O estudo encomendado pela empresa de tecnologia britânica, Tech 21, mostra também que 81% delas quebraram os gadgets por queda e 10% ao arremessá-los longe.

A pesquisa mostra que a área mais crítica para um infanto danificar um smartphone é no carro, com 45%
A pesquisa mostra que a área mais crítica para um infanto danificar um smartphone é no carro, com 45%

Realizado com 3.614 adultos no mês de julho, a análise demonstra que a área mais crítica para uma criança danificar um smartphone é no carro, com 45% das resposta à questão. E que 24% dos pais tiveram que mandar o tablet para o conserto por tela quebrada pelo menos uma vez por ano.

De acordo com a pesquisa, 41% dos pais deixam seus filhos usarem o tablet mais do que uma hora por dia, sendo que 12% deste total permitem que crianças com menos de dois anos de idade utilizem o gadget.

Quando a pergunta é sobre o local, 41% afirmam que usam os aparelhos com seus filhos na cozinha e 85%, na sala de estar.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).