Inicio » Esporte » Brasileirão 2016 » Brasileirão 2014 – Cruzeiro arranca empate no RJ e mantém Botafogo ameaçado

Brasileirão 2014 – Cruzeiro arranca empate no RJ e mantém Botafogo ameaçado

Em meio a polêmica pela crise financeira e protesto de jogadores, o Botafogo recebeu o Cruzeiro no Maracanã neste sábado, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro e, após sair na frente com Egídio, sofreu gol de Léo na segunda etapa e empatou por 1 a 1. 

Carlos Alberto disputa bola
Carlos Alberto disputa bola

O resultado mantém o Cruzeiro na liderança, com 29 pontos e seis de vantagem para o Corinthians, segundo colocado. Já o Botafogo, que perdeu na última rodada para o Flamengo, permanece na 13ª posição, com 13 pontos, e pode até figurar na zona de rebaixamento ao fim da rodada, já que o Coritiba, 17º, tem dez pontos.

Logo aos 4min o Cruzeiro teve uma boa chance de abrir o placar com Egídio, que arriscou da ponta esquerda, mas viu a bola sair pela linha de fundo. O Botafogo respondeu na sequência, com Lucas, e Fábio espalmou para afastar o perigo. O time da casa pressionou na primeira etapa, e aos 23min Édilson fez boa cobrança de falta, exigindo mais uma vez a ação do goleiro cruzeirense.

Após duas boas intervenções, a sorte não ajudou Fábio. Aos 25min Lucas fez cruzamento da direita, Edílson ganhou da zaga cruzeirense, cabeceou para o gol e contou com um escorregão do goleiro para abrir o placar no Maracanã.

O Botafogo aproveitou o bom momento e se manteve no ataque, tendo nova chance com Émerson Sheik, que fez boa jogada pela direita, mas no momento do cruzamento não teve ninguém na área para completar. A primeira etapa acabou com a vitória parcial do time carioca, apesar de maior posse de bola do Cruzeiro.

Na volta do intervalo Émerson, que durante a semana disparou contra a diretoria, reclamando da falta de condições, se sentiu mal e atrasou um pouco o reinício da partida, mas voltou a campo e logo aos 3min aplicou um carrinho em Henrique, que precisou deixar o gramado, para entrada de Willian. Marcelo Oliveira também colocou Dagoberto no lugar de Marquinhos, buscando avançar seu time.

E foi com Willian, que teve sua situação resolvida na semana e voltou a atuar, que o Cruzeiro quase empatou. Aos 12min, o atacante chutou forte da entrada da área e acertou o travessão. No entanto, na jogada seguinte o líder do campeonato igualou o placar com gol do zagueiro Léo, após levantamento de Éverton Ribeiro. 

Superior, o time mineiro dominou a partida, e continuou pressionando. Vágner Mancini tentou dar um fôlego novo ao Botafogo, e pôs Júlio César e Zeballos nos lugares de Rogério e Carlos Alberto, respectivamente, enquanto o Cruzeiro tirou o atacante Ricardo Goulart – que não conseguiu aproveitar as chances de gol – para colocar Nilton. E na jogada área o volante quase marcou, duas vezes. Na primeira, Jefferson salvou e colocou para escanteio; na sequência, a bola bateu na trave e saiu. 

O jogo ainda teve bons momentos na fase final, com os dois times buscando a vitória. Émerson Sheik teve a melhor oportunidade para o Botafogo, aos 37min. Já o Cruzeiro parou novamente no goleiro Jefferson, que fez duas boas defesas em sequência, em chutes de Dagoberto e Willian. 

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada no domingo, às 16h (de Brasília), enquanto o Cruzeiro visita o Criciúma no sábado, às 18h30 (de Brasília), no Herilberto Hülse.

FICHA TÉCNICA 
BOTAFOGO 1 X 1 CRUZEIRO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de agosto de 2014 (Sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

Cartão Amarelo: Emerson (Botafogo); Henrique e Marquinhos (Cruzeiro)

Gols: BOTAFOGO: Edilson, aos 25 minutos do primeiro tempo
CRUZEIRO: Léo, aos 14 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Dória, Bolívar e Junior Cesar; Mario Bolatti (Rodrigo Souto), Gabriel, Edilson e Carlos Alberto (Zeballos); Rogério (Júlio César) e Emerson Sheik
Técnico: Vagner Mancini

CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Dedé, Leo e Egídio; Henrique (William), Lucas Silva, Everton Ribeiro, Ricardo Goulart; Marquinhos (Dagoberto) e Marcelo Moreno (Nilton)
Técnico: Marcelo Oliveira

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).