Inicio » Esporte » Brasileirão 2016 » Brasileirão 2014 – Atlético/MG bate xará do PR com gols contra e já mira G-4

Brasileirão 2014 – Atlético/MG bate xará do PR com gols contra e já mira G-4


Reviewed by:
Rating:
5
On 3 de agosto de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Brasileirão 2014 - Atlético/MG bate xará do PR com gols contra e já mira G-4

Saudades de Ronaldinho Gaúcho? Nada disso! Na primeira partida após a despedida do ídolo, o Atlético-MG mostrou um futebol convincente, ao menos no primeiro tempo, e venceu o Atlético-PR, por 3 a 1, com gols de Leonardo Silva, Léo Pereira e Deivid, os dois últimos contra, no Independência. O triunfo interrompe um jejum de quatro jogos sem vencer dos comandados de Levir Culpi.

Brasileirão 2014 - Atlético/MG bate xará do PR com gols contra e já mira G-4
Brasileirão 2014 – Atlético/MG bate xará do PR com gols contra e já mira G-4

O Galo chega a 18 pontos conquistados e segue como 11º colocado do Campeonato Brasileiro. O Furacão, por sua vez, ocupa a nona posição do torneio, com 19 pontos acumulados.

Movimentação ofensiva e rápidas trocas de passe foram a tônica do jogo alvinegro. Guilherme, Diego Tardelli, Maicosuel e Jô infernizaram a defesa adversária. Com muita velocidade, o quarteto criou ótimas oportunidades e, se a pontaria estivesse um pouco mais calibrada, poderia construir uma goleada.

Embora os homens de frente estivessem em noite inspirada, o mandante chegou ao gol com Leonardo Silva. O zagueiro se aproveitou de lateral cobrado por Marcos Rocha e desviou a bola para o fundo da rede de Santos.

Acuado nos 45 minutos iniciais, o Furacão tentou sair em lances de contragolpe e armou somente uma jogada de perigo. O jovem Douglas Coutinho, contudo, desperdiçou a chance ao finalizar para fora.

Na volta do intervalo, o time comandado por Levir Culpi pareceu se cansar. As jogadas ofensivas se tornaram mais raras. Jô sofreu queda brusca de produção e o jejum de dez partidas sem marcar pesou para o artilheiro do Galo na temporada.

Sem movimentação ofensiva pelos dois lados, o Atlético-PR igualou o marcador rapidamente. Marcos Guilherme finalizou da intermediária e contou com falha de Victor para balançar a rede do mandante.

A baixa produtividade do sistema ofensivo alvinegro obrigou Levir Culpi a realizar mudanças. Aos gritos de ‘burro’ por parte da torcida que foi ao Campo do Horto, Luan e Dátolo substituíram Guilherme e Jô, respectivamente.

A dupla acionada deu mais movimentação ao ataque do Galo e foi o suficiente para garantir o triunfo para o time da casa. Luan foi peça fundamental nas jogadas que culminaram nos gols contra de Léo Pereira e, posteriormente, Deivid.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG X ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data-hora: 3/8/2014 – às 18h30

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)

Gols: Leonardo Silva, aos 34’/1ºT (1-0); Marcos Guilherme, aos 11’/2ºT (1-1); Léo Pereira (contra), aos 30’/2ºT (2-1); Deivid (contra), aos 41’/2ºT (3-1)

Cartões amarelos: Pierre, Luan (CAM); Sueliton, Cléo, Cleberson (CAP)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Emerson Conceição; Pierre, Josué, Maicosuel e Guilherme (Luan – 16’/2ºT); Diego Tardelli e Jô (Dátolo – 26’/2ºT). Técnico: Levir Culpi.

ATLÉTICO-PR: Santos; Sueliton, Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid, João Paulo e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho, Cléo (Dellatorre – 37’/2ºT) e Marcelo (Bruno Furlan – 25’/2ºT). Técnico: Doriva.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).