Inicio » Internacional » América » Paciente com sintomas de ebola é tratado nos EUA após viagem à África

Paciente com sintomas de ebola é tratado nos EUA após viagem à África

Um paciente com sintomas do vírus ebola está sendo submetido a testes no hospital Monte Sinai de Nova York após retornar de uma viagem pela África Ocidental, informou nesta segunda-feira o centro médico, que espera ter um diagnóstico entre as próximas 24 e 48 horas.

O homem, que foi internado na manhã de hoje com febre alta e sintomas gastrintestinais, foi isolado sete minutos após passar pela porta do hospital, onde agora os médicos tentam determinar a causa de sua doença.

Um paciente com sintomas do vírus ebola está sendo submetido a testes no hospital Monte Sinai de Nova York após retornar de uma viagem pela África Ocidental
Um paciente com sintomas do vírus ebola está sendo submetido a testes no hospital Monte Sinai de Nova York após retornar de uma viagem pela África Ocidental

“Estão sendo tomadas todas as medidas necessárias para garantir a segurança de todos os pacientes, visitantes e pessoal”, indicou o Monte Sinai em comunicado, no qual explicou que está em contato com as autoridades sanitárias federais, estaduais e locais sobre este caso.

Mais tarde, em entrevista coletiva, o chefe da unidade médica do Monte Sinai, Jeremy Boal, e o presidente e chefe da unidade de operações, David L. Reich, pediram tranquilidade porque “é mais provável que este paciente tenha uma doença comum”

Os dois lembraram que o ebola “não é uma doença que se transmita pelo contato diário”, mas requer “troca de fluidos corporais ou contato com cadáveres”.

O Monte Sinai não detalhou de que país viajou o paciente, informando apenas que esteve “no último mês” na África Ocidental, a região onde o atual surto de ebola já infectou 1.603 pessoas, das quais 887 morreram, segundo a última apuração da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Caso seja confirmado, este se transformaria no terceiro caso de ebola diagnosticado nos Estados Unidos nos últimos dias.

Nancy Writebol, uma missionária que trabalhava na Libéria tratando pacientes com ebola com a organização Samaritan’s Purse, e Kent Brantly, médico da mesma organização que também foi contagiado com a doença na Libéria, são até agora os dois casos confirmados de ebola e ambos estão no Hospital Universitário de Emory, em Atlanta, especializado em doenças altamente contagiosas.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).