Inicio » Minas Gerais » MG – Condições do Vale do Jequitinhonha serão discutidas em seminário

MG – Condições do Vale do Jequitinhonha serão discutidas em seminário

Com o intuito de debater sobre os desafios climáticos e econômicos enfrentados pelos municípios da região do Vale do Jequitinhonha, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) realiza o Seminário Água e Terra – O futuro do Vale do Jequitinhonha, no dia 8 de agosto, em Araçuaí. As palestras e painéis de discussão serão gratuitos e abertos ao público.

MG - Condições do Vale do Jequitinhonha serão discutidas em seminário
MG – Condições do Vale do Jequitinhonha serão discutidas em seminário15

Segundo a inspetora-chefe do Crea-Minas na cidade, a engenheira civil Maria Lúcia Ferreira de Souza, a iniciativa foi motivada pela necessidade de discussão em torno dos problemas estruturais e da falta de planejamento verificado na região. “A realidade de hoje são cidades carentes que convivem com os problemas crônicos do Vale, como a falta de água e o solo infértil”, avalia Maria Lúcia. Segundo ela, um dos objetivos do seminário é propor alternativas de desenvolvimento viáveis e compatíveis com as condições locais como o investimento no plantio de culturas que se adaptem ao clima e solo da região. “Hoje não temos uma produção agrícola forte. As pessoas, praticamente, produzem para sobreviver”, comenta.

Durante o seminário, especialistas e técnicos vão abordar temas relativos ao desenvolvimento da região. Um dos idealizadores do evento, o presidente do Crea-Minas, o engenheiro civil Jobson Andrade, fará a abertura do evento às 9h. “Promover uma discussão que afeta tão diretamente a vida das pessoas que vivem no Vale é de extrema importância. O nosso objetivo é reunir esforços e nos organizarmos para mudar a realidade dessa região, pois a técnica nós possuímos, o que é preciso é o engajamento de todos e comprometimento dos governos”, disse Jobson Andrade.

O primeiro painel terá como tema “Água e terra: Cenário atual e perspectivas” e o segundo será apresentado com o assunto “Condições para o desenvolvimento econômico do Vale”. Os debates serão conduzidos pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerias (Emater), pelo Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) e pela Sociedade Mineira de Engenheiros Agrônomos (SMEA).

Ao longo do evento, será feito um levantamento de propostas entre o público para elaboração da Carta para o Desenvolvimento do Vale do Jequitinhonha, que será apresentado à população no mesmo dia e encaminhada, posteriormente, às diferentes esferas de governo, além dos órgãos competentes.

No fechamento do evento, em uma iniciativa junto ao Crea Cultural, os presentes poderão conferir a apresentação musical “A Cultura do Vale”, com Dori Mendes e Luciano Tanure.

 

Serviço:

Data: 08/08/14

Horário: 8h30 às 18h

Local: Centro Cultural Luz da Lua – Rua D. Serafim, 426, Centro – Araçuaí – MG.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).