Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Operação ‘Ouro Verde’ da Polícia Civil desarticula quadrilha que comercializava maconha

Montes Claros – Operação ‘Ouro Verde’ da Polícia Civil desarticula quadrilha que comercializava maconha

A Polícia Civil de Montes Claros  divulgou, nesta quinta-feira (7), que desarticulou uma quadrilha que comercializava maconha na cidade. Três mandados de prisão temporária e três de busca e apreensão foram cumpridos na operação “Ouro Verde”. 

Maconha foi apreendida pela PRF em Monte Alegre  de Minas (Foto: Polícia Rodoviária Federal)
Maconha foi apreendida pela PRF em Monte Alegre
de Minas (Foto: Polícia Rodoviária Federal)

Segundo o delegado Jurandir Rodrigues, o grupo criminoso trazia a droga do Paraguai e vendia em média 50 quilos de maconha por mês. Em 2013, a PC começou a investigar Sebastião Divino e descobriu  que um carro apreendido pela Polícia Federal havia de 43 quilos de maconha em Monte Alegre de Minas (MG) teria Montes Claros como destino.

De acordo com as investigações, Sebastião Divino utilizava o sítio dele pra esconder a droga. A Justiça autorizou um mandado de busca e apreensão ao local, onde a PC conseguiu aprender um porção de maconha. Sebastião Divino foi preso no fim de março deste ano, junto com um adolescente, em Ponta Porã (MS), quando eles transportavam mais de 46 quilos de maconha para Montes Claros.

No decorrer de investigações de outras operações, a PC apurou que a mulher dele, Gilmara Josiane Azevedo, traficava a droga na cidade, contando com a ajuda da filha e do irmão. Os três mandados de prisão da “Ouro Verde” foram destinados aos três. As duas mulheres foram presas preventivamente e em flagrante quando faziam a entrega de uma porção de maconha, no Centro de Montes Claros, para um usuário de classe alta.   

Montes Claros - Operação 'Ouro Verde' da Polícia Civil desarticula quadrilha que comercializava maconha
Montes Claros – Operação ‘Ouro Verde’ da Polícia Civil desarticula quadrilha que comercializava maconha

“Eles realizavam a venda em atacado e varejo, tanto para grandes traficantes da cidade, quanto para usuários das classes médias e alta. São quatro pessoas de uma mesma unidade familiar que se dedicavam a atuar no tráfico de drogas”, destaca Jurandir Rodrigues.

As investigações da quadrilha que atuava em Montes Claros ajudaram a identificar também Cláudio Batista Gonçalves, que foi preso temporariamente em Montes Alegre de Minas, na operação “Na Balada”, da Polícia Civil de Patos de Minas (MG). Ele foi preso em abril deste ano, no Mato Grosso do Sul, com 260 quilos de maconha, que seria levada para o Triângulo Mineiro., mesma rota utilizada por Sebastião Divino para trazer a droga até Montes Claros.

A polícia investiga se outras pessoas fazem parte do grupo criminoso que trazia a droga para Montes Claros.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Mortes por afogamento crescem 14% em Minas Gerais

MG – Mortes por afogamento crescem 14% em Minas Gerais

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.MG – Mortes …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).