Inicio » Esporte » MMA – Acusado de espancar namorada, lutador é capturado e preso

MMA – Acusado de espancar namorada, lutador é capturado e preso

Uma semana após grande confusão, o lutador Jon Koppenhaver, também conhecido como “War Machine” (máquina de guerra), foi capturado pela polícia e preso. Ele é acusado de ter espancado sua namorada em casa e estava foragido desde o ocorrido.

A polícia encontrou Jon em Simi Valley, hospedado sozinho em um hotel. Ele foi preso imediatamente e não reagiu nem causou outros problemas. No lugar só foram encontrados dinheiro e pizza.

Christy Mack ficou com o rosto deformado após agressão de lutador de MMA
Christy Mack ficou com o rosto deformado após agressão de lutador de MMA

De acordo com a atriz pornô Christy Mack, eles não eram mais namorados, mas Jon resolveu ir até a casa dela na sexta-feira passada, inclusive com uma aliança de presente. Porém, o lutador teria encontrado outro homem na casa e agrediu os dois. Jon nega essa versão. De qualquer forma, Mack ficou gravemente ferida, com o rosto desfigurado e ainda está internada no hospital.

Jon foi levado para a delegacia de Simi Valley, mas ainda será transferido para Las Vegas, em Nevada, onde aconteceu a confusão. A polícia de lá tinha até oferecido uma recompensa para quem encontrasse o lutador.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).