Inicio » Economia » Etanol cai em 13 estados e no DF e sobe em 11, diz a ANP

Etanol cai em 13 estados e no DF e sobe em 11, diz a ANP

Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros caíram em 13 Estados e no Distrito Federal, subiram em outros 11 e ficaram estáveis no Amapá e em Roraima na semana encerrada no sábado (16). Na semana anterior, as cotações haviam recuado em 12 Estados subido em 12 e fica estável no Amapá, Distrito Federal e em Goiás. Os dados são da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e mostram que no período de um mês os preços do etanol caíram em 12 Estados e no Distrito Federal e subiram em outros 14.

Etanol continuou competitivo em Goiás, no Mato Grosso, Paraná e em São Paulo na semana encerrada em 16 de agosto, segundo dados da ANP compilados pelo AE-Taxas
Etanol continuou competitivo em Goiás, no Mato Grosso, Paraná e em São Paulo na semana encerrada em 16 de agosto, segundo dados da ANP compilados pelo AE-Taxas

Em São Paulo, principal Estado consumidor, a cotação subiu 0,11% na última semana, para R$ 1,877 o litro. No período de um mês, acumula queda de 0,48%. Na semana, o maior recuo das cotações foi registrado em Santa Catarina (0,73%), enquanto a maior alta ocorreu em Alagoas (0,55%). No mês, o maior recuo ocorreu em Mato Grosso (6,49%), enquanto que o avanço mais significativo foi observado em Goiás (5,80%).

No Brasil, o preço mínimo registrado para o etanol foi de R$ 1 568 o litro, no Estado de São Paulo, e o máximo foi de R$ 3 20/litro, no Acre. Na média, o menor preço foi de R$ 1,877 o litro, em São Paulo. O maior preço médio foi verificado no Acre, de R$ 2,951 o litro.

O etanol continuou competitivo em Goiás, no Mato Grosso, Paraná e em São Paulo na semana encerrada em 16 de agosto, segundo dados da ANP compilados pelo AE-Taxas. É a sétima semana consecutiva em que o biocombustível mantém vantagem nesses Estados. Nos outros e no Distrito Federal a gasolina continua mais competitiva.

Segundo o levantamento, o etanol equivale a 68,72% do preço da gasolina em Goiás. No Mato Grosso, a relação está em 62,52%; no Paraná, em 68,54%; e em São Paulo, em 65,77%. A gasolina está mais vantajosa principalmente no Amapá, onde o etanol custa o equivalente a 97,29% do preço da gasolina – a relação é favorável ao biocombustível quando está abaixo de 70%. Na média Brasil, o biocombustível também está competitivo em relação à gasolina, numa proporção de 68,90%, diz a ANP. O preço médio da gasolina em São Paulo está em R$ 2,854 o litro. Na média da ANP, o preço do etanol no Estado ficou em R$ 1,877 o litro.

Agência Estado

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).