Inicio » Nacional » Brasil – Abdelmassih, condenado a 278 anos, deve chegar a São Paulo nesta quarta (20), diz Promotoria

Brasil – Abdelmassih, condenado a 278 anos, deve chegar a São Paulo nesta quarta (20), diz Promotoria

O ex-médico Roger Abdelmassih deve chegar a São Paulo no início da tarde desta quarta-feira (20), segundo informações do Ministério Público paulista. A expectativa do órgão é que ele chegue às 13h no aeroporto de Congonhas, em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) ou da Polícia Federal.

Ex-médico Roger Abdelmassih é preso no Paraguai, diz PF
Ex-médico Roger Abdelmassih é preso no Paraguai, diz PF

Abdelmassih foi preso nesta terça (19), em Assunção, capital do Paraguai, após ficar três anos foragido. Ele foi condenado a 278 anos de prisão estupros cometido contra 37 mulheres, e estava entre os dez criminosos mais procurados de São Paulo, com uma recompensa de R$ 10 mil para quem passasse informações que levassem a sua prisão.

Segundo o promotor Luiz Henrique Dal Poz, a Polícia Federal chegou ao paradeiro do ex-médico após cruzamento de informações da Promotoria e da própria PF. O Ministério Público investigava suposta lavagem de dinheiro praticada pelo médico, além de suposta falsidade ideológica e falsidade documental.

Folhapress
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).