Inicio » Minas Gerais » Censura em Minas Gerais – Portaria proíbe a Polícia de expôr presos em Minas Gerais

Censura em Minas Gerais – Portaria proíbe a Polícia de expôr presos em Minas Gerais

Uma portaria assinada pelo Corregedor geral da Polícia Civil de Minas Gerais determina que os agentes da corporação em Minas Gerais não poderão expor informações e imagens de presos, sem a autorização deles. 

Corregedor geral da Polícia Civil de Minas Gerais, Renato Patrício Teixeira
Corregedor geral da Polícia Civil de Minas Gerais, Renato Patrício Teixeira

Este tipo de apresentação, com presos sendo exibidos para câmeras fotográficas e de televisão, que é comum nas diversas delegacias da corporação, convocadas por delegados, não será mais permitida, sem que o suspeito preso aceite, com autorização por escrito e com assinatura de testemunhas, inclusive.

Quando ouve uma notícia desta, muita gente pensa logo: ‘Ah, estão protegendo os bandidos!’, mas se esquece que a polícia não é infalível e pode causar um prejuízo enorme a uma pessoa presa por engano, acusada injustamente e que com a exposição pode ter a vida arruinada. Vamos às ruas para ver o que o povo achou desta determinação da corregedoria da Polícia Civil.

Com informações da TV Alterosa

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Um comentário

  1. nao concordo com a exposição, deveria ser feita depois que o acusado fosse julgado, aqui em uberlandia tem um programa chamado chumbo grosso que alem de filma os presos coloca musicas para fazer chacota e ainda manda no ar os policiais passa eles no chapisco eu sei que por la ja passaram alguns inocentes que depois que foi julgado provaram e sofrem ate hoje com a humilhação que passou