Inicio » Política » Eleições 2014 » Vídeo mostra imagens da queda do avião de Eduardo Campos

Vídeo mostra imagens da queda do avião de Eduardo Campos

Um vídeo apresentado pelo “Jornal da Globo” na madrugada desta quarta-feira (20) mostrou pela primeira vez a queda do avião que matou o candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB).

O avião caiu na manhã de 13 de agosto, no bairro Boqueirão, na região central de Santos (litoral de São Paulo), matando o candidato e outras seis pessoas
O avião caiu na manhã de 13 de agosto, no bairro Boqueirão, na região central de Santos (litoral de São Paulo), matando o candidato e outras seis pessoas

O avião caiu na manhã de 13 de agosto, no bairro Boqueirão, na região central de Santos (litoral de São Paulo), matando o candidato e outras seis pessoas.

As imagens mostram o avião caindo de bico em meio aos prédios seguido de um clarão de explosão, fumaça e fogo. Segundo o programa, as imagens foram feitas por câmeras de monitoramento de um prédio em construção, localizado a cerca de 500 metros do local do acidente.

O horário que aparece nas imagens é 11h03, uma hora depois do horário divulgado pela Aeronáutica, o que dificultou a descoberta do vídeo. O avião Cessna Citation 560 XL, prefixo PR-AFA, voava do aeroporto Santos Dumont, no Rio, para a base aérea do Guarujá (SP). Campos teria três compromissos de campanha em Santos.

Além do presidenciável, estavam a bordo os assessores Alexandre Severo (fotógrafo oficial da campanha), Marcelo Lyra (cinegrafista), Pedro Valadares (ex-deputado e assessor do candidato) e Carlos Percol (assessor de imprensa). Também morreram no acidente o piloto Marcos Martins e o copiloto da aeronave Geraldo da Cunha.

Aeronáutica

Segundo a Aeronáutica, a aeronave abortou o pouso (arremeteu) em razão do mau tempo. Ao fazer a volta para tentar novo pouso, contudo, perdeu altitude e caiu sobre um conjunto de casas e prédios residenciais baixos no bairro do Boqueirão.

O tempo estava ruim no momento do acidente; havia chuva, vento e visibilidade baixa no aeroporto. Mas, segundo os registros meteorológicos da Aeronáutica, as condições permitiam o pouso de um avião como o Citation. Antes do acidente, o piloto do jato Citation disse com a voz calma à Base Aérea de Santos que faria uma nova tentativa de aterrissagem na pista local.

A gravação, que registra conversa ocorrida por volta das 10h, foi divulgada na noite do dia 13 pelo site Radar Box Brasil, que monitora conversas entre aeronaves e tráfego aéreo.

No trecho, o condutor do avião não se queixa de problemas no avião. Não está claro, porém, se esse foi o último contato com a base; como não há uma torre de controle no local, a comunicação se dá por rádio.

Especialistas estrangeiros

Especialistas dos Estados Unidos e do Canadá foram enviados ao Brasil para participar da investigação da queda do avião que matou o presidenciável e outras seis pessoas.

O grupo é formado por técnicos do National Transportation Safety Board (NTSB), principal autoridade norte-americana de investigação de acidentes, da Transportation Safety Board (TSB), órgão similar do Canadá, da Cessna Aircraft Company, fabricante do avião, da Pratt & Whitney, fabricante do motor, além da Federal Aviation Administration (FAA), agência de aviação civil americana.

Segundo a Aeronáutica, a participação dos especialistas na investigação é normal e segue a convenção de Chicago, da Organização de Aviação .

Assista ao vídeo

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).