Inicio » Internacional » Oriente Médio – Ataque aéreo destrói edifício em Gaza e fere 22 pessoas

Oriente Médio – Ataque aéreo destrói edifício em Gaza e fere 22 pessoas


Reviewed by:
Rating:
5
On 23 de agosto de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Oriente Médio - Ataque aéreo destrói edifício em Gaza e fere 22 pessoas

Israel lançou cerca de cinco mil ataques aéreos contra Gaza em quase sete semanas de conflito com o Hamas, mas o ataque deste sábado marcou a primeira vez que um edifício foi derrubado
Israel lançou cerca de cinco mil ataques aéreos contra Gaza em quase sete semanas de conflito com o Hamas, mas o ataque deste sábado marcou a primeira vez que um edifício foi derrubado

Uma aeronave israelense disparou dois mísseis contra um edifício residencial de 12 andares no centro da Cidade de Gaza, no sábado destruindo o prédio e ferindo pelo menos 22 pessoas, incluindo 11 crianças, disseram testemunhas e autoridades palestinas. 

Israel lançou cerca de cinco mil ataques aéreos contra Gaza em quase sete semanas de conflito com o Hamas, mas o ataque deste sábado marcou a primeira vez que um edifício foi derrubado. A explosão também foi sentida nos prédio vizinhos.

A polícia de Gaza disse que o avião israelense disparou um míssil de aviso no topo do prédio, ao anoitecer, seguido, cinco minutos depois, por dois mísseis com explosivos.

A derrubada do edifício foi mais um sinal da escalada da violência, após o colapso das negociações de cessar-fogo mediadas pelos egípcios e o fim da trégua temporária do início desta semana. 

No início deste sábado, o Ministério das Relações Exteriores do Egito pediu a Israel e ao Hamas um cessar-fogo por tempo indeterminado em Gaza e a retomada das negociações indiretas. Autoridades egípcias não revelaram como esperam renovar as negociações de forma a obter um resultado diferente das tentativas anteriores, todas fracassadas. 

O porta-voz do governo israelense, Mark Regev, não comentou imediatamente o apelo renovado por um cessar-fogo. Sami Abu Zuhri, porta-voz do Hamas em Gaza, disse que o grupo iria considerar o apelo do Egito, mas não havia sinal de que mudaria suas demandas.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Sistema em manutenção programada. Nossos serviços estão indisponíveis até dia de hoje às 23:59h.