Inicio » Mais Seções » Entretenimento » Playboy diminui pornografia e quer site “mais viral”

Playboy diminui pornografia e quer site “mais viral”

Playboy diminui pornografia e quer site "mais viral"
Playboy diminui pornografia e quer site “mais viral”

A revista masculina mais conhecida do mundo mudará sua estratégia visual em seu endereço online, de acordo com site Ad Age. Segundo a publicação, a renovação visa aumentar a interatividade dos usuários e menos pornografia explícita em sua capa. “Estamos focados no contato com o usuário. A Playboy.com é um destino tradicional de homens que querem saber sobre entretenimento, estilo, vida noturna e, claro, garotas”, disse Matt Mastrangelo, um dos diretores da revista.

A mudança segue um pouco a aposta editorial também da revista, aponta Mastrangelo. A revista norte-americana conta com apenas 12% de suas páginas com ensaios nus. Cory Jones, vice-presidente digital da publicação, explicou o “mantra editorial” que vivem agora: “você mandaria isso para um amigo?”, demonstrando o alvo viral que a revista quer atingir.

A Playboy quer afastar sua reputação de conteúdo proibido para menores e ganhar acessos de redes sociais, principalmente conteúdo compartilhado no Facebook. “A mãe de todo mundo está no Facebook”, disse Jones, explicando o porquê dessa diminuição do conteúdo adulto.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).