Inicio » Mais Seções » Facebook dará menos destaque para posts com chamadas ‘apelativas’

Facebook dará menos destaque para posts com chamadas ‘apelativas’


Reviewed by:
Rating:
5
On 25 de agosto de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Facebook dará menos destaque para posts com chamadas 'apelativas'

Facebook dará menos destaque para posts com chamadas 'apelativas'
Facebook dará menos destaque para posts com chamadas ‘apelativas’

O Facebook anunciou nesta segunda-feira (25) que vai reduzir a frequência de chamadas apelativas que os usuários veem no feed de notícias.

A partir desta segunda (25), publicações como “A lição de vida deste professor vai partir o seu coração e fazer você chorar” não receberão mais tanto destaque.

Até então, esse tipo de conteúdo costumava ficar no topo do feed, pois tinha muitos cliques. Mas, segundo a rede social, as pessoas preferem chamadas que “as ajudam a decidir se querem ler uma história completa” antes mesmo de clicar o link -em vez de chamadas “pouco informativas”.

Para avaliar os links, o Facebook vai se basear no tempo gasto pelas pessoas fora da rede social, lendo uma história. O número de interações (opções “curtir”, comentários e compartilhamentos), comparado ao de cliques quando elas retornam, também vai influenciar a aparição das histórias.

“Não queremos que esse tipo de conteúdo tire a atenção das coisas que as pessoas realmente querem ver no Facebook”, escreveu a empresa em seu blog oficial.

“Click-baiting” [isca de cliques] é o nome da técnica utilizada para chamar a atenção do leitor com chamadas apelativas. Ganhou destaque nos últimos anos com o site “Upworthy”, que aposta em publicações curtíssimas com títulos sentimentais.

Folhapress

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).