Inicio » Nacional » Brasil – Termina rebelião em penitenciária no Paraná onde cinco presos morreram

Brasil – Termina rebelião em penitenciária no Paraná onde cinco presos morreram

Brasil - Termina rebelião em penitenciária no Paraná onde cinco presos morreram
Brasil – Termina rebelião em penitenciária no Paraná onde cinco presos morreram

Após 44 horas, terminou na madrugada desta terça-feira a rebelião de presos na Penitenciária Estadual de Cascavel, no oeste do Paraná. A rebelião, iniciada na manhã de domingo (24), deixou cinco presos mortos -dois deles decapitados- e 25 feridos.

Os dois agentes feitos reféns foram libertados durante a madrugada após a transferência de 851 presos dos pouco mais de 1000, já que a cadeia ficou destruída.

Os detentos tinham feito um acordo com o governo para encerrar o motim e entregar o último refém após o término das transferências.

A expectativa da Secretaria da Justiça do Paraná é realizar uma vistoria no presídio ainda na manhã desta terça-feira (26).

A motivação da rebelião ainda não está clara. Os presos reclamaram da violência de agentes e pediram melhorias na comida e na estrutura do local.

Os alvos dos motinados foram os presos condenados por crimes sexuais, chamados de “duques”. Havia cerca de 50 deles no presídio.

Advogados que acompanharam as negociações relataram à reportagem ter sentido um forte cheiro de carne queimada na segunda-feira (25).

Folhapress
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).