Inicio » Minas Gerais » MG – Filho de 73 anos tenta matar pai de 93 após disputa pela mesma mulher

MG – Filho de 73 anos tenta matar pai de 93 após disputa pela mesma mulher

MG - Filho de 73 anos tenta matar pai de 93 após disputa pela mesma mulher
MG – Filho de 73 anos tenta matar pai de 93 após disputa pela mesma mulher

O idoso de 93 anos que foi agredido a golpes de pauladas pelo próprio filho em Almenara, no Vale do Jequitinhonha, continua internado em um hospital da cidade e não tem previsão de alta. A agressão aconteceu nesse domingo (24) depois que os dois discutiram por causa da mesma mulher.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a tentativa de homicídio aconteceu na casa da família, localizada na rua Pedro José das Neves, no bairro Adelita Torres. O suspeito de 73 anos confessou o crime e disse aos militares que agrediu o pai porque ele estava tentando roubar sua companheira.

Vizinhos também contaram à polícia que Durval Ferreira de Freitas e o filho nutriam um sentimento  pela mesma dona de casa, que mora na mesma rua. A vítima foi atingida com duas pancadas na cabeça e foi levada em estado grave para o Hospital Deraldo Guimarães.

Segundo a instituição, ele está na enfermaria e já consegue conversar com os médicos e caminhar sozinho. O agressor foi encaminhado à delegacia de plantão da cidade e segue à disposição da Justiça.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).