Inicio » Economia » Público dos cinemas brasileiros aumenta 10% no primeiro trimestre

Público dos cinemas brasileiros aumenta 10% no primeiro trimestre

Público dos cinemas brasileiros aumenta 10% no primeiro trimestre
Público dos cinemas brasileiros aumenta 10% no primeiro trimestre

O público nas salas de cinema no primeiro trimestre de 2014 cresceu 10% em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando um total de 80,6 milhões de espectadores, informou nesta segunda-feira a Agência Nacional do Cinema (Ancine).

A maioria dos espectadores foi às salas de cinema para assistir filmes estrangeiros, que atraíram 85,8% do público, enquanto as produções nacionais viram seu público reduzir 4,4% em relação aos seis primeiros meses de 2013.

Durante o primeiro semestre de 2014 foram exibidos nas salas brasileiras 195 títulos diferentes, dos quais 55 eram de produção nacional e 140 estrangeiros.

O filme nacional de maior arrecadação foi “Até que a Sorte nos Separe 2”, comédia de Roberto Santucci, com R$ 33 milhões arrecadados até julho.

A produção americana “Rio 2”, do diretor brasileiro Carlos Saldanha, foi o filme de maior bilheteria neste período, com R$ 63 milhões de arrecadação.

EFE

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).