Inicio » Internacional » Europa » Europa – Grupo encontra ouro enterrado por artista em praia britânica

Europa – Grupo encontra ouro enterrado por artista em praia britânica

Três pessoas se tornaram as primeiras a terem encontrado, oficialmente, barras de ouro enterradas em uma praia no sudeste na Grã-Bretanha e que provocaram uma “caça ao tesouro”.

Quase R$ 40 mil em barras de ouro foram enterrados em praia em Folkestone, na Grã-Bretanha
Quase R$ 40 mil em barras de ouro foram enterrados em praia em Folkestone, na Grã-Bretanha

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

O ouro foi enterrado na praia de Folkestone, no sudeste britânico, pelo artista alemão Michael Sailstorfer como parte do festival de artes da cidade. Foram escondidas barras de ouro equivalentes a 10 mil libras (R$ 37.125).

Kevin Wood, sua parceira Kirsty Henderson e sua irmã Megan encontraram uma das barras – cujo valor é de 500 libras (R$1.855) – após cavarem por uma hora durante a baixa maré.

O trio viajou da cidade de Cantuária, também em Kent, para participar da escavações pelo ouro na sexta-feira.

Wood, de 28 anos, disse que, ao encontrar o ouro, começou a tremer.

“Eu coloquei-o em silêncio no meu bolso. Saímos da praia e, no meio do caminho para casa, paramos para beber”.

O projeto Folkestone Digs (Escavações em Folkestone, em tradução literal) faz parte do festival de artes da cidade e teve obras de artistas como Tracey Emin, Jeremy Deller e Martin Creed em anos anteriores.

Artistas como Yoko Ono participam do festival deste ano, que vai até 2 de novembro.

Wood disse que o casal inicialmente pensou em vender o ouro e sair de férias em Paris.

“Agora estamos pensando em ficar (com a barra) por causa de todo o interesse”, disse. “Não vamos nos apressar”.

Praia em Folkestone ficou cheia desde o anúncio de que ouro havia sido enterrado no local
Praia em Folkestone ficou cheia desde o anúncio de que ouro havia sido enterrado no local

O curador Lewis Biggs disse que a praia ficou cheia desde o anúncio de que o ouro havia sido enterrado, na quinta-feira.

“Sempre tem gente escavando na praia, mas tem muito mais agora”, disse ele. “Quando a maré está alta, há, talvez, 50 pessoas, mas quando está baixa, talvez 1 mil”.

“Há um monte de gente indo e vindo de todas as idades – famílias, pessoas dedicadas, com detectores de metal, pessoas com luzes em suas cabeças durante toda a noite… Tem sido divertido”.

Não se sabe quantas pessoas podem ter encontrado as barras de ouro.

“O que você encontra é seu e você pode dizer a outras pessoas ou não”, disse Biggs.

“Você pode colocar (o ouro) em sua meia e levá-lo para casa, então nunca saberemos se todas (as barras) foram encontradas”.

BBC Brasil

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).