Inicio » Minas Gerais » MG – Governo Federal reconhece emergência em nove municípios mineiros

MG – Governo Federal reconhece emergência em nove municípios mineiros


Reviewed by:
Rating:
5
On 2 de setembro de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

MG - Governo Federal reconhece emergência em nove municípios mineiros

O governo federal reconheceu nesta terça-feira (2) situação de emergência em nove municípios de Minas Gerais e mais um da Bahia, todos por causa de estiagem. Portaria da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil com essa decisão está publicada no Diário Oficial da União desta terça. Em Minas Gerais, a lista inclui Arinos, Caraí, Claro dos Poções, Felisburgo, Itacambira, Jacinto, Matias Cardoso, Minas Novas e Nova Porteirinha. Na Bahia, foi reconhecida situação de emergência no município de Formosa do Rio Preto.

 

MG - Governo Federal reconhece emergência em nove municípios mineiros
MG – Governo Federal reconhece emergência em nove municípios mineiros

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

Conforme o Ministério da Integração Nacional, situação de emergência é uma situação anormal, decretada em razão de desastre que, embora não excedendo a capacidade inicial de resposta do município ou do Estado atingido, requer auxílio complementar do Estado ou da União para as ações de socorro e de recuperação.

Também foram publicadas hoje autorizações de transferência de recursos federais para ações de Defesa Civil aos municípios catarinenses de Seara (R$ 109.307,70); Quilombo (R$ 249.382,70); Santiago do Sul (R$ 123.656,00); Arvoredo (R$ 67.892,00) Águas de Chapecó (R$ 107.910,20) e Agronômica (R$ 90.125,00). Essas localidades foram atingidas por fortes chuvas.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).