Inicio » Mais Seções » Famosos » ‘Playboy’ da ex-BBB Amanda é a menos vendida da história

‘Playboy’ da ex-BBB Amanda é a menos vendida da história

Durante o período de confinamento no Big Brother Brasil, a mineira Amanda Gontijo se gabou dizendo que deveria receber um cachê mais alto para posar nua, já que era “toda ruiva”.

Apenas 99 mil exemplares foram vendidos, sendo a metade de assinantes da revista; as vendas foram as piores registradas em 39 anos de revista
Apenas 99 mil exemplares foram vendidos, sendo a metade de assinantes da revista; as vendas foram as piores registradas em 39 anos de revista

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

Mas os fios vermelhos da ex-BBB parecem não ter cativado tanto assim os leitores de Playboy: a edição da revista que trouxe Amanda na capa, em maio, foi a menos vendida da história.

De acordo com o jornal carioca Extra, apenas 99 mil exemplares foram vendidos. Além disso, a metade dos exemplares são de assinantes da revista. Em 39 anos, essa foi a primeira vez que a Playboy vendeu menos de 100 mil exemplares.

Quem lidera o ranking das edições mais vendidas da Playboy é Joana Prado, a Feiticeira. Seu primeiro ensaio nu, em novembro de 1999, vendeu 1,2 milhões de cópias.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).