Inicio » Internacional » África » Ebola – União Africana fará reunião de emergência segunda-feira

Ebola – União Africana fará reunião de emergência segunda-feira

A União Africana anunciou nesta quinta-feira (4), em nota, que fará reunião de emergência na próxima segunda-feira (8) para definir uma estratégia do continente de combate à epidemia de ebola, que atinge a África Ocidental e já matou 1.900 pessoas.

Segundo o comunicado, a reunião atende à necessidade de se ter uma visão comum do vírus ebola e de adotar uma abordagem coletiva em todo o continente, que leve em conta o impacto sociopolítico e econômico.
Segundo o comunicado, a reunião atende à necessidade de se ter uma visão comum do vírus ebola e de adotar uma abordagem coletiva em todo o continente, que leve em conta o impacto sociopolítico e econômico.

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

O Conselho Executivo da União Africana adiantou que a reunião, na sede da organização, em Adis Abeba (Etiópia), vai examinar as medidas de suspensão de voos, o fechamento de portos e fronteiras e a “estigmatização dos países afetados e dos seus cidadãos”.

Segundo o comunicado, a reunião atende à necessidade de se ter uma visão comum do vírus ebola e de adotar uma abordagem coletiva em todo o continente, que leve em conta o impacto sociopolítico e econômico.

A organização pan-africana destaca que os países-membros estão preocupados com o fechamento de fronteiras e a suspensão de serviços aéreos, determinados por alguns países africanos, lembrando que isso poderá, “em última instância, aumentar o sofrimento” já causado pelo ebola.

A Organização Mundial da Saúde divulgou, nessa quarta-feira (3), o último balanço sobre a febre hemorrágica, anunciando que já foram registrados mais de 1.900 mortes entre 3.500 casos na África Ocidental.

Os números indicam clara progressão em relação ao balanço divulgado na semana passada, quando havia cerca de 1.500 mortos em 3 mil casos.

Os países mais afetados são a Libéria, Serra Leoa e a Guiné Conacri. A Nigéria é também atingida, e um cidadão que viajou da Guiné Conacri foi registrado como o primeiro caso no Senegal.

Agência Brasil
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).