Inicio » Mais Seções » Famosos » Em lua de mel, Brad Pitt vai ganhar 13 milhões em novo filme

Em lua de mel, Brad Pitt vai ganhar 13 milhões em novo filme

Brad Pitt, Leonardo DiCaprio e Robert De Niro formarão um “trio de ouro” para um curta que será produzido por Martin Scorsese. O projeto foi encomendado pela empresa asiática Melco Crown Entertainment, que busca promover cassinos e resorts de sua marca. 

Robert De Niro, Leonardo DiCaprio e Brad Pitt
Robert De Niro, Leonardo DiCaprio e Brad Pitt

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

O novo trabalho fez com que Pitt abandonasse sua lua de mel com Angelina Jolie na ilha de Gozo, na República da Malta, e voasse de volta para Nova York. Mas o esforço deve valer a pena. Brad já ganhou cerca de US$ 13 milhões (aproximadamente R$ 29 milhões) em apenas dois dias de trabalho, assim como De Niro e DiCaprio. 

O roteiro do curta é assinado por Terrence Winter, o mesmo de O Lobo de Wall Street, um dos grandes filmes da carreira de DiCaprio, e a produção deve estrear em 2015, em um resort temático em Macau. É a primeira vez que os três atores trabalham juntos.

Com informações de Deadline e Page Six. 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).