Inicio » Mais Seções » Tablets “crescem” e chegam a telas de mais de 20 polegadas

Tablets “crescem” e chegam a telas de mais de 20 polegadas

Você provavelmente já ficou na dúvida na hora de escolher um tablet. O mercado oferece tantas opções que é difícil selecionar um modelo entre a grande variedade preços, tamanhos e sistemas operacionais.

Tablets com telas grandes podem facilitar o acesso do usuário
Tablets com telas grandes podem facilitar o acesso do usuário

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

Nos Estados Unidos, algumas empresas estão lançando tablets com 20 ou até 24 polegadas. Os megatablets, ao contrário dos produtos de tamanho comum, permitem que o usuário utilize os aparelhos em grupo. É o caso do Big Tab, criado pela empresa americana Nabi especialmente para as crianças. As dimensões do tablet são convidativas, já que o gadget pode ser usado por diversos adultos ou crianças.

A ideia lembra as primeiras mesas Surface da Microsoft (hoje conhecidas como Microsoft PixelSense), que funcionavam por touchscreen reconhecendo o conteúdo de objetos e disponibilizando tudo sobre a mesa. Com as telas maiores, também fica mais confortável assistir a filmes, navegar na internet e jogar nos aplicativos.

O mercado americano também disponibiliza outros modelos na casa das 20 polegadas, como o HP Envy Rove 20 – que mais parece um desktop all-in-one por conter um apoio de mesa. A empresa ainda não lançou tablets desse tamanho no Brasil, mas já é possível encontrar no Brasil o modelo HP Elitepad 1000, de 10,1 polegadas.

As notícias que circulam pela internet apontam que Apple seria outra a entrar no mercado dos tablets maiores, com um iPad de 12,9 polegadas. A informação não foi confirmada pela empresa, mas essa seria uma forma de enfrentar o crescimento de rivais como Google e Samsung no segmento.

Maiores no Brasil

No Brasil os dispositivos ainda não chegaram aos maiores formatos. Entre os principais fabricantes, são encontrados no mercado aparelhos com até 12,2 polegadas.

Na Samsung, o maior modelo é o Galaxy Note Pro, com tela de 12,2 polegadas. O gadget promete praticidade para quem está em trânsito e precisa utilizar o computador. Com ele é possível utilizar até quatro aplicativos ao mesmo tempo – enquanto você lê o jornal, pode checar seus e-mails e fazer anotações. O preço ainda é alto: R$ 2.899.

A Lenovo também lançou um produto nessa mesma linha. O Yoga Tablet possui tela de 10,1 polegadas proporcionando maior mobilidade para explorar diversas posições do dispositivo, seja no modo de leitura, para assistir a filmes ou para jogar e digitar. O preço do produto é de R$ 1.299.

A Dell lançou recentemente no mercado brasileiro seu maior tablet, o Venue 11 Pro. O equipamento de 10,8 polegadas, combinado com um teclado acoplável opcional, transforma-se em um ultrabook de alta performance, aumentando as possibilidades de funcionamento do tablet. O aparelho está à venda a partir de R$ 2.300 e o teclado, R$ 578.

Com sistema 2 em 1, a Positivo Informática também está presente no mercado dos maiores tablets. O Positivo Duo ZX 3000 alterna as funções de notebook e de tablet ao destacar a tela sensível ao toque de 10,1 polegadas. Dessa forma, o aparelho aumenta a produtividade, proporcionando aos usuários diversas possibilidades de funcionamento. O preço para o modelo é de R$ 999.

Já a Apple tem suas tradicionais opções de 9,7 polegadas e 7,9 polegadas (no modelo Mini).

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).