Inicio » Educação » Educação – Minas lidera o ranking de qualidade do ensino fundamental, segundo o Ideb

Educação – Minas lidera o ranking de qualidade do ensino fundamental, segundo o Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nesta sexta-feira (5) pelo Ministério da Educação (MEC), aponta que Minas Gerais melhorou seu desempenho e manteve a liderança no ranking nacional de qualidade do ensino fundamental, tanto nos anos iniciais (1º ao 5º anos) quanto nos finais (6º ao 9º ano). Minas lidera entre as redes estaduais de ensino e também quando se considera o conjunto de escolas estaduais, municipais e particulares.
 
Minas lidera o ranking de qualidade do ensino fundamental, segundo o Ideb
Minas lidera o ranking de qualidade do ensino fundamental, segundo o Ideb

O indicador, divulgado a cada dois anos, mede a qualidade da educação básica no Brasil com dados de aprovação e resultados em provas de português e matemática. 

 
Em 2013, o Ideb da rede estadual atingiu 6,2 – o que garante a primeira colocação nacional, ao lado da rede estadual do Paraná, que também alcançou o mesmo índice. Quando consideradas todas as redes de ensino, o Ideb mineiro aumentou de 5,9 para 6,1. É também o melhor índice do Brasil, ao lado de São Paulo, que também chegou a 6,1. O Ministério da Educação considera que o índice 6,0 é referência em educação para países desenvolvidos. 
 
Nos anos finais do ensino fundamental o Ideb da rede estadual passou de 4,4, em 2011, para 4,7 em 2013. Com esse índice, a rede estadual mineira, que era a segunda melhor do país até 2011, assume a liderança. Em segundo lugar está a rede estadual de Goiás, com Ideb 4,5, e em terceiro a rede estadual paulista, com Ideb 4,4. Considerando o Ideb de todas as redes nos anos finais do ensino fundamental, Minas Gerais também lidera o ranking, com índice 4,8, seguido por São Paulo e Goiás, que alcançaram índice 4,7. 
 
Ensino Médio
 
Goiás foi a rede com maior nota no ensino médio: 3.8 pontos, com melhora de 0,2 pontos em relação à edição anterior, em 2011. São Paulo aparece em segundo lugar, com 3,7 pontos, mas houve piora em relação a 2011, quando a nota foi de 3,9. Em Minas, houve recuo de 3,7 para 3,6 pontos, entre 2011 e 2013, o que é considerado um quadro estável, segundo a Secretaria de Estado da Educação. Minas fica em terceiro no ranking das redes estaduais e em quarto, quando considerado o conjunto de escolas estaduais, municipais e particulares.
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Um a cada cinco jovens mineiros é "nem-nem", que nem trabalha nem estuda

MG – Um a cada cinco jovens mineiros é “nem-nem”, que nem trabalha nem estuda

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. MG – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).