Inicio » Internacional » Europa » UE anuncia apoio de 140 milhões de euros a países afetados pelo vírus ebola

UE anuncia apoio de 140 milhões de euros a países afetados pelo vírus ebola

A Comissão Europeia anunciou nesta sexta-feira (5) apoio de 140 milhões de euros na luta contra o vírus ebola na Guiné-Conacri, Serra Leoa, Libéria e Nigéria, quatro dos cinco países africanos afetados pela doença.

Do total, 38 milhões de euros destinam-se a ajudar os governos dos países afetados pelo vírus ebola a melhorarem os seus serviços de saúde
Do total, 38 milhões de euros destinam-se a ajudar os governos dos países afetados pelo vírus ebola a melhorarem os seus serviços de saúde

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

Do total, 38 milhões de euros destinam-se a ajudar os governos dos países afetados a melhorarem os seus serviços de saúde.

Os 5 milhões de euros irão custear o fornecimento de laboratórios móveis para a detecção do ebola e a formação de profissionais de saúde.

Outros  97 milhões de euros vão financiar operações de apoio ao orçamento da Libéria e de Serra Leoa, a fim de reforçar a capacidade de prestação de serviços públicos.

A ajuda financeira de Bruxelas envolve ainda as áreas de segurança alimentar, abastecimento de água e saneamento.

A Comissão Europeia tem intensificado sua resposta à epidemia desde março. Foram destacados peritos em ajuda humanitária para a região para acom

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).