Inicio » Internacional » Ásia » Ásia – Blogueira denuncia trabalho escravo da H&M no Camboja

Ásia – Blogueira denuncia trabalho escravo da H&M no Camboja

Três jovens noruegueses apaixonados por modapassaram um mês no Camboja vivendo e trabalhando como os funcionários das indústrias têxteis do país asiático e, além de verem os abusos que eles sofrem, denunciaram também grandes marcas que fazem parte deste crime, como a rede de fast fashion H&M. 

"Conhecemos pessoas que trabalhavam para eles e nos contaram histórias terríveis", diz b logueira Anniken Jorgensen sobre fábricas da H&M
“Conhecemos pessoas que trabalhavam para eles e nos contaram histórias terríveis”, diz b logueira Anniken Jorgensen sobre fábricas da H&M

Tudo foi documentado pelo reality show Sweat Shop e denunciado no blog de Anniken Jorgensen, de 18 anos, uma das participantes. “Conhecemos pessoas que trabalhavam para eles e nos contaram histórias terríveis”, diz a jovem sobre a gigante americana.

Segundo ela, o programa mostrou “as mortes da moda barata”. A blogueira conta que os trabalhadores têm turnos de 12 horas, sete dias por semana, não podem levar comida ou bebida nos intervalos para não correr o risco de derrubar nas peças. Ficam em lugares apertados e muito quentes e desempenham tarefas repetitivas e exaustivas.

“Eles têm que trabalhar sob muita pressão e fazer tudo muito rápido. Quando terminam uma peça de roupa, já começam outra sem nenhuma pausa. É um círculo vicioso que não acaba nunca. Fiz isso por algumas poucas horas e pensei que iria morrer de cansaço”, disse a blogueira ao site espanhol El Diario.

Anniken conta ainda que os trabalhadores recebem cerca de US$ 3 doláres por dia de trabalho e, caso façam qualquer reclamação, são demitidos e facilmente trocados por outra pessoa na linha de produção.

Em nota, a H&M disse que o programa “não visitou as fábricas da H&M e não perguntou sobre o trabalho em sustentabilidade que fazem”.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).