Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Britânica diz ter sido abusada por fantasma viciado em sexo

Britânica diz ter sido abusada por fantasma viciado em sexo


Reviewed by:
Rating:
5
On 8 de setembro de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Britânica diz ter sido abusada por fantasma viciado em sexo

Um casal de britânicos que vive em Londres, na Inglaterra, afirma que um fantasma viciado em sexo quase acabou com o casamento de 23 anos que eles têm. As informações são do site Mirror.

Segundo a publicação, Deborah Rawson, 48 anos, garante que sofreu abuso e perseguição sexual de um fantasma, dentro de sua casa. O caso gerou diversas brigas entre o casal londrino, que – após tentativas aparentemente falhas de exorcismo – decidiu mudar de casa.

Em um certo momento, o órgão sexual do fantasma chamado Mark foi supostamente fotografado por Deborah
Em um certo momento, o órgão sexual do fantasma chamado Mark foi supostamente fotografado por Deborah

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

De acordo com Deborah, em uma tarde do ano passado, ela tinha acabado de limpar a casa e, cansada, sentou-se em uma cadeira. Neste momento, ela viu três fantasmas: um homem de cerca de 30 anos, uma mulher da mesma idade e uma criança pequena. Os três desapareceram rapidamente.

Nos dias seguintes, Deborah teria sentido uma respiração ofegante em seu pescoço e um corpo masculino lhe tocando. Após avisar o marido, começou a fazer terapia e a tomar remédios antidepressivos. 

A vítima diz ainda que teria perguntado quem estava ali com ela. “Mark está te tocando, eu sou Claire”, disse uma voz feminina, segundo a britânica. O casal de fantasmas também teria feito sexo em diversos pontos da casa, diz Deborah, que ouvia gemido e barulhos suspeitos constantemente. 

Ainda de acordo com Deborah, o fantasma chamado Mark a procurava durante o dia e durante a noite, mesmo quando seu marido estava em casa. Em um certo momento, o órgão sexual de Mark foi fotografado por Deborah.

Assustados, o casal chamou um exorcista, que tentou espantar os supostos visitantes, mas não teve sucesso. Há alguns meses, o casal comprou outra casa e se mudou. Desde então, Deborah garante que não teve mais contato físico ou visual com Mark. “Estou feliz de estar livre do meu fantasma viciado em sexo”, disse ela. 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Sistema em manutenção programada. Nossos serviços estão indisponíveis até dia de hoje às 23:59h.