Inicio » Minas Gerais » MG – Cobradora de ônibus é estuprada a caminho do trabalho

MG – Cobradora de ônibus é estuprada a caminho do trabalho

Uma cobradora de ônibus, de 43 anos, foi estuprada, enquanto ia para o trabalho, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, nesse domingo (7).

MG - Cobradora de ônibus é estuprada a caminho do trabalho
MG – Cobradora de ônibus é estuprada a caminho do trabalho

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

A vítima, E.A.Z. contou à Polícia Militar (PM) que seguia para o seu trabalho, quando, aproximou-se dela um homem negro, que encostou uma faca em sua cintura e lhe obrigou a entrar em um matagal, próximo a rua Deputado Arlindo Zanini, no bairro Parque Independência.

O suspeito teria ordenado a ela que deitasse no chão, tirasse as roupas e a estuprou. Depois da conjunção carnal, o homem fugiu. A mulher voltou para casa e chamou a PM. Ela foi encaminhada para um hospital, onde ficou comprovada a violência sexual.

No local, os policiais encontraram apenas um documento e um par de tênis da vítima. Até o momento, o suspeito não foi localizado.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).