Inicio » Minas Gerais » MG – Homem que estuprou a sogra de 78 anos é preso

MG – Homem que estuprou a sogra de 78 anos é preso


Reviewed by:
Rating:
5
On 8 de setembro de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

MG - Homem que estuprou a sogra de 78 anos é preso

Nilson José da Silva, de 48 anos, foi preso suspeito de estuprar a sogra, uma idosa de 78 anos. O crime foi presenciado pela mulher do acusado, que acionou a Polícia Militar. O abuso sexual ocorreu na casa da vítima, na rua Guaxupé, bairro Bonfim, em Juiz de Fora, Zona da Mata mineira, na tarde de domingo (7).
 
MG - Homem que estuprou a sogra de 78 anos é preso
MG – Homem que estuprou a sogra de 78 anos é preso

Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter

A esposa do homem contou que chegava em casa quando viu o marido forçando para manter relações sexuais com a mãe. Após ser flagrado, Nilson fugiu, mas foi localizado na rua Otávio Pereira Torres, bairro Santa Rita. Aos militares, a idosa contou que estava na residência quando o suspeito pulou pela laje, a empurrou contra a parede e começou a tirar sua roupa. 

 
O homem foi levado para a delegacia, onde dentro da cela começou a bater a cabeça contra a parede. Ele foi contido e não sofreu ferimentos graves. O caso será investigado pela Polícia Civil do município.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).