Inicio » Internacional » Europa » Europa – Rússia faz teste bem-sucedido de míssil nuclear

Europa – Rússia faz teste bem-sucedido de míssil nuclear

A Rússia realizou um teste bem-sucedido de seu novo míssil nuclear nesta quarta-feira (10) e vai realizar mais dois testes de lançamentos em outubro e novembro, segundo o chefe das forças navais.

A Rússia está desenvolvendo uma série de novas armas nucleares e convencionais para combater os movimentos recentes dos EUA e da Otan, a aliança militar ocidental, disse o presidente Vladimir Putin
A Rússia está desenvolvendo uma série de novas armas nucleares e convencionais para combater os movimentos recentes dos EUA e da Otan, a aliança militar ocidental, disse o presidente Vladimir Putin

As forças armadas têm reforçado exercícios militares desde o início do conflito no leste da Ucrânia entre separatistas pró-Rússia e o Exército ucraniano.

O novo míssil passou por inúmeros testes e pode levar a um impacto até 100 vezes maior que a explosão atômica de Hiroshima em 1945. Viktor Chirkov disse que o lançamento foi feito a partir do Mar Branco e que o míssil atingiu seu alvo no extremo leste da Rússia.

“Em outubro e novembro deste ano, a frota naval irá realizar mais dois lançamentos com dois foguetes equipados com mísseis balísticos”, disse Chirkov. O míssil pesa 36,8 toneladas, pode viajar até 8.000 quilômetros e leva de seis a dez ogivas nucleares.

Putin

A Rússia está desenvolvendo uma série de novas armas nucleares e convencionais para combater os movimentos recentes dos EUA e da Otan, a aliança militar ocidental, disse o presidente Vladimir Putin nesta quarta (10).

Em uma reunião Kremlin sobre os planos de modernização de armas, ele disse que o programa deve centrar-se na construção de uma nova matriz de armas ofensivas. Putin não deu detalhes sobre as armas em potencial, embora tenha dito que os novos mísseis russos podem penetrar qualquer escudo antimísseis.

As relações entre a Rússia e o Ocidente estão em seu pior nível desde o fim da Guerra Fria por causa da crise na Ucrânia. Os países ocidentais acusam a Rússia de armar os separatistas da Ucrânia, além de enviar tropas ao país.

A Otan criou uma força de reação rápida para proteger o leste europeu de ameaças da Rússia, enquanto Moscou acusa o Ocidente de usar a crise como um pretexto para revigorar a Otan.

Folhapress
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).