Inicio » Minas Gerais » Centro de Minas » MG – Buscas por operário soterrado com rompimento de barragem são retomadas

MG – Buscas por operário soterrado com rompimento de barragem são retomadas


Reviewed by:
Rating:
5
On 11 de setembro de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

MG - Buscas por operário soterrado com rompimento de barragem são retomadas

As buscas pelo funcionário da Herculano Mineração, Adilson Aparecido Batista, 44, que foi soterrado, com mais cinco colegas após o rompimento de uma barragem de rejeitos da empresa, em Itabirito, na região Central de Minas Gerais, foram retomadas na manhã desta quinta-feira (11). Dois operários morreram com o acidente e um terceiro ficou ferido, sendo encaminhado para um hospital em Belo Horizonte.

MG - Buscas por operário soterrado com rompimento de barragem são retomadas
MG – Buscas por operário soterrado com rompimento de barragem são retomadas

Cerca de sete bombeiros já retomaram o trabalho no local e contam com a ajuda do helicóptero Arcanjo. A mineradora fornece pessoal e maquinário para auxiliar no serviço. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas. A Polícia Civil já instaurou inquérito para investigar o caso.

Nesta manhã, técnicos do Departamento Nacional de Produção Mineral irão realizar uma fiscalização na área da mineradora. O secretário estadual de Meio Ambiente sobrevoou o local, nessa quarta-feira (10). Segundo o órgão, os proprietários são responsáveis pela segurança de suas barragens e reservatórios, bem como pelas consequências de seu mau funcionamento – eles podem ser responsabilizados civil, criminal e administrativamente. A última auditoria feita na barragem a pedido da secretaria foi em 27 de setembro de 2013, e a estrutura estava estável.

O acidente

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por causa do rompimento de uma barragem, que estava desativada e onde era depositado o resto de lavagem do minério. Uma grande quantidade de rejeitos atingiu os operários e seus veículos – três caminhões, um Uno e duas retroescavadeiras. No momento do acidente, os funcionários faziam manutenção no local. Além dos quatro soterrados, dois operários conseguiram sair sem ferimentos.

Os mortos são o topógrafo Reinaldo da Costa Melo, 69, e o operário Cristiano Fernandes Silva, 32. 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).