Inicio » Internacional » América » Família de jornalista decapitado James Foley cria fundação

Família de jornalista decapitado James Foley cria fundação

A família de James Foley, o jornalista americano decapitado por milicianos islâmicos na Síria, criou uma fundação com seu nome nesta sexta-feira (12) para apoiar vítimas de sequestros, correspondentes de guerra e jovens em comunidades carentes.

James Foley foi decapitado por milicianos islâmicos na Síria,
James Foley foi decapitado por milicianos islâmicos na Síria,

John e Diane, pais de Foley, anunciaram a criação da fundação James W. Foley Legacy nos principais jornais do pais, quatro semanas após a morte do jornalista.

Foley cobria como freelancer as guerras de Afeganistão, Líbia e Síria para a AFP e o GlobalPost, entre outros veículos. Foi capturado por homens armados no norte da Síria em 2012.

A morte do jornalista, de 40 anos, foi divulgada no dia 19 de agosto, em um vídeo gravado pelo Estado Islâmico (EI) no qual Foley é decapitado por um homem encapuzado.

Na sexta-feira, a família de Foley realizou um pedido de doações para financiar a fundação, acompanhado da seguinte mensagem: “Jim não morreu em vão. Por favor, ajude-nos a edificar sua memória”.

Em homenagem aos quatro anos que Foley passou trabalhando em bairros carentes no ensino de crianças antes de se tornar jornalista, a fundação apoiará iniciativas de inclusão no setor de educação.

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).