Inicio » Minas Gerais » MG – Homem usa cavanhaque de caneta para roubar malote com R$ 11 mil

MG – Homem usa cavanhaque de caneta para roubar malote com R$ 11 mil

Um homem de 20 anos foi preso suspeito de roubar um malote com cerca de R$ 11 mil de uma loja, em Itajubá, no Sul de Minas Gerais, nessa quinta-feira (11). Para não ser reconhecido, o homem usava um cavanhaque, aparentemente, feito com uma caneta hidrográfica como disfarce. Segundo a Polícia Civil (PC), Éder Luiz da Silva foi preso em flagrante por roubo qualificado.
 
Éder Luiz da Silva usava um cavanhaque feito, aparentemente, por caneta quando foi preso
Éder Luiz da Silva usava um cavanhaque feito, aparentemente, por caneta quando foi preso

De acordo com a PC, funcionários da loja começaram a chamar pela Guarda Municipal, que estava próxima ao local. Os guardas perseguiram Silva e conseguiram prendê-lo. 

 
O suspeito foi levado para a Delegacia Regional de Itajubá e acabou confessando a autoria de outro crime. Silva disse à polícia que roubou o malote com aproximadamente R$ 27 mil de uma empresa de engenharia, há cerca de dois meses, também em Itajubá. O crime, conforme informou o homem, foi executado nos mesmos moldes do roubo à loja.
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Eduardo Arauju e Kely Ramos Foto: Guto Campos

Moda – A simpatia de Montes Claros que conquistou o Brasil

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Moda – A …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).