Inicio » Economia » Dólar menor para 2014 e 2015, diz pesquisa

Dólar menor para 2014 e 2015, diz pesquisa


Reviewed by:
Rating:
5
On 15 de setembro de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Dólar menor para 2014 e 2015, diz pesquisa

Ao contrário do movimento de alta que se viu nas mesas de operação do mercado financeiro nos últimos dias, a Focus prevê uma cotação menor para o dólar tanto ao final deste quanto do próximo ano. Pela segunda vez consecutiva, a mediana para dezembro de 2014 caiu e agora está em R$ 2,30. No levantamento anterior, a mediana era de R$ 2,33 e, há um mês, estava em R$ 2 35.

Dólar menor para 2014 e 2015, diz pesquisa
Dólar menor para 2014 e 2015, diz pesquisa

Movimento semelhante apresentou a mediana da pesquisa para o dólar ao final de 2015. A taxa da Focus de hoje é de R$ 2,45 ante R$ 2,49 da pesquisa anterior e de R$ 2,50 do levantamento realizado há um mês,

Apesar dessa alteração, a projeção mediana para o câmbio médio deste ano foi mantida em R$ 2,28. Já para o ano que vem, a mediana do dólar médio passou de R$ 2,44, como estava há quatro semanas e no levantamento anterior para R$ 2,41 agora.

Agência Estado

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).