Inicio » Minas Gerais » Belo Horizonte » MG – Marido é suspeito de atear fogo em corpo de mulher

MG – Marido é suspeito de atear fogo em corpo de mulher

Um homem de 23 anos foi preso suspeito de atear fogo contra o corpo da companheira, no fim da noite dessa segunda-feira (15), no bairro Padre Eustáquio, na região Noroeste de Belo Horizonte. Na versão da vítima, o crime acontece porque o marido não aceitava que ela trabalhasse fora de casa.

MG - Marido é suspeito de atear fogo em corpo de mulher
MG – Marido é suspeito de atear fogo em corpo de mulher

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a briga aconteceu na residência que o casal estava vivendo, localizada na rua Pará de Minas, no bairro Padre Eustáquio. Josilene de Souza Dutra, de 46 anos, contou aos militares do 34º Batalhão que, durante a discussão, o suspeito jogou álcool em seu corpo e, em seguida, ateou fogo.

A dona de casa foi socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhada em estado grave ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Ela teve cerca de 60% do corpo queimado. A vítima também disse aos policiais que vivia com o marido há três meses e, até então, os dois nunca tiveram problemas. A mulher não tem previsão de alta.

Outra versão

O suspeito foi preso em casa e negou o crime. Ele disse à polícia que a companheira tentou suicídio.  O homem contou que a mulher fez uso de bebidas alcoólicas e resolveu sair de casa. Preocupado, ele foi atrás da companheira para que ela voltasse para o imóvel, mas a dona de casa se irritou e começou a brigar.

Já na residência, a vítima teria dito que iria se matar. Ela encharcou o corpo de álcool e, no momento em que ele esquentava comida em um fogareiro, esbarrou, por acidente, nela e as chamas se espalharam rápido.

Ele, com a ajuda dos vizinhos, tentou controlar o fogo e acionou socorro. “Durante conversa com a nossa equipe, o suspeito não caiu em contradição. Ele estava muito tranquilo e disse que não entendeu porque a companheira contou essa história. O homem acredita que, assim que ela melhorar, vai voltar atrás e dizer a verdade”, explicou o sargente Célio Lúcio Taciano, da 9ª Companhia.

Alguns vizinhos do casal defenderam o jovem. “Eles disseram que ele é muito tranquilo e não acreditam que o homem tenha cometido o crime. A mulher é conhecida na região pelo uso excessivo de álcool, segundo os vizinhos”, disse o militar.

O homem, que até então não tinha antecedentes criminais, foi encaminhado à Delegacia de Mulheres.

Facebook

Em sua página no Facebook, o homem afirma que está em um “relacionamento complicado”. Ele, que é de Itabuna, na Bahia, e veio trabalhar em Minas Gerais, tem várias fotos com a companheira.

Em algumas delas, amigos parabenizam o suspeito pelo relacionamento.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).