Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Mais energia para o Norte de Minas

Norte de Minas – Mais energia para o Norte de Minas

A linha de transmissão de 500 KV, entre as localidades de Barreiras, Rio das éguas e Luziânia, estendida até Buritizeiro e Pirapora, terá cerca de 950 km de comprimento e atravessará um total de 19 municípios – 4 no Oeste da Bahia, 9 no Leste de Goiás e 6 em Minas Gerais (incluindo Unaí e Brasilândia de Minas).

Norte de Minas - Mais energia para o Norte de Minas
Norte de Minas – Mais energia para o Norte de Minas

A construção da linha vai permitir que a energia elétrica gerada na região sudeste (pelas usinas hidrelétricas) e na região nordeste – através das usinas eólicas – seja melhor compartilhada com vários municípios e localidades rurais nos 3 estados, aumentando também a capacidade de trocas entre essas áreas.

O tempo previsto de construção da linha de transmissão (com 1.917 torres) e das subestações é de aproximadamente 18 meses, a partir do início efetivo das obras, em outubro deste ano, após o licenciamento do IBAMA, informou a empresa Paranaíba Transmissora de energia S.A (PTA), que será a executora da obra.

Energia, indústria, seca e hidrovia

Segundo o Prefeito Léo Silveira, “a maior oferta e distribuição de energia é necessária para o crescimento urbano de Pirapora, impulsionando várias obras estruturais e viabilizando a sustentabilidade de importantes projetos e investimentos de diversificação da economia local e geração de empregos”.

“Pirapora terá mais energia elétrica para impulsionar a produção da indústria Emifor alimentos e os serviços da empresa VGX (de call center), assim como a ampliação da Real Minas têxtil, a chegada da linha de produção da empresa Carmen Steffens e a expansão do projeto de cafeicultura irrigada na Fazenda São Thomé”, detalhou o prefeito.

Apesar da abrangência da linha de transmissão de 500 KV que será estendida a Pirapora, Léo Silveira não esconde sua preocupação com os efeitos da estiagem prolongada na geração e no encarecimento da energia produzida no Vale do São Francisco. A seca também ameaça o projeto de reativação da sua hidrovia, entre Pirapora, Juazeiro/BA e Petrolina/PE.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).