Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Duplicação da BR-251, DNIT informa que licitação da obra deve acontecer em 2015

Norte de Minas – Duplicação da BR-251, DNIT informa que licitação da obra deve acontecer em 2015

Palco de um grande número de acidentes, alguns deles fatais, a BR-251 tem sido alvo, há bastante tempo, de reivindicações da população do Norte de Minas, que reclama a duplicação da estrada. Assim, com o intuito de proporcionar mais segurança aos milhares de motoristas e passageiros que trafegam pela via diariamente, o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, recebeu na manhã desta quarta-feira, 17, na sede da Prefeitura, o engenheiro superintendente de Montes Claros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Wainer de Andrade Nether, para discutir o projeto de duplicação da BR–251.

Palco de um grande número de acidentes, alguns deles fatais, a BR-251 tem sido alvo, há bastante tempo, de reivindicações da população do Norte de Minas
Palco de um grande número de acidentes, alguns deles fatais, a BR-251 tem sido alvo, há bastante tempo, de reivindicações da população do Norte de Minas

De acordo com o superintendente do DNIT, a obra, que compreende um trecho de 300 quilômetros, será dividida em dois trechos (Montes Claros–Grão Mogol e Grão Mogol–BR116, a “Rio–Bahia”) e custará cerca de R$ 1 bilhão aos cofres públicos (valor já previsto no Orçamento 2015 da União). Ainda segundo o superintendente, o projeto já está pronto, faltando apenas a realização da licitação da obra, que deverá acontecer no primeiro semestre de 2015, e o licenciamento ambiental, que é liberador pelo Conselho Estadual de Política Ambiental (COPAM). Após o início das obras, Nether prevê um prazo de três anos para sua conclusão.

Tanto o prefeito de Montes Claros como o superintendente do DNIT concordaram que o trecho Montes Claros–Francisco Sá será prioridade na obra, haja vista o número de acidentes que ali ocorrem. Outra boa notícia é que as obras de “adequação de capacidade” – termo usado pelos técnicos do DNIT – contemplarão a revitalização de trevos e viadutos, assim como a duplicação de pontes. Em alguns pontos considerados mais críticos haverá ainda uma mudança do traçado das curvas.

Palco de um grande número de acidentes, alguns deles fatais, a BR-251 tem sido alvo, há bastante tempo, de reivindicações da população do Norte de Minas
Palco de um grande número de acidentes, alguns deles fatais, a BR-251 tem sido alvo, há bastante tempo, de reivindicações da população do Norte de Minas

O prefeito Ruy Muniz, que estava acompanhado na reunião pelo secretário adjunto de Meio Ambiente, Edvaldo Marques Araújo, e pelo consultor jurídico do Município, Cláudio Versiani, aproveitou a oportunidade para cobrar do superintendente do DNIT as obras do Anel Rodoviário Norte, que ligaria as BR’s 251 e 135, e o estudo para o acesso da BR-365 ao Conjunto Habitacional Montes Claros, que será inaugurado em breve, no São Geraldo II, e abrigará 499 famílias.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).