Inicio » Internacional » Ásia » Ásia – Vinte anos de prisão para indianos que estupraram e mataram adolescente

Ásia – Vinte anos de prisão para indianos que estupraram e mataram adolescente

Um tribunal indiano sentenciou a 20 anos de prisão cinco homens por estuprar e depois atear fogo ao corpo de sua vítima, uma estudante adolescente. A moça de 16 anos foi estuprada duas vezes em outubro passado perto da casa de sua família na cidade de Madhyagram, em Bengala Ocidental.

Ásia - Vinte anos de prisão para indianos que estupraram e mataram adolescente
Ásia – Vinte anos de prisão para indianos que estupraram e mataram adolescente

O segundo estupro aconteceu quando ela estava voltando para casa depois de ter reportado a primeira agressão na delegacia local. No mesmo dia, atearam fogo à vítima em sua própria casa. Ela chegou a ser internada, mas acabou morrendo no hospital na noite do Ano Novo.

Seis homens foram presos e indiciados. Um deles foi libertado porque concordou em testemunhar contra os outros. Uma fonte da polícia confirmou que a vítima estava grávida ao morrer. Os homens foram condenados com base nos testemunhos prestados pela moça no hospital.

Sua morte desatou uma onda de protestos no país. A Índia tornou-se mais sensível à questão da violência contra as mulheres desde o brutal estupro coletivo de uma mulher de 23 anos em um ônibus, em Nova Délhi, em 2012. O parlamento desde então reforçou as leis que punem estupradores.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).