Inicio » Política » Eleições 2014 » Eleições 2014 – Marina diz que não está preocupada com pesquisa

Eleições 2014 – Marina diz que não está preocupada com pesquisa

A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, evitou comentar as últimas pesquisas que apontam um crescimento de sua rejeição e uma diminuição de sua vantagem em relação a candidata do PT, Dilma Rousseff, no segundo turno. Segundo Marina, a estratégia é continuar falando a verdade e não fazer agressões. “Vamos continuar fazendo uma campanha limpa. Não queremos entra no jogo que vale tudo para ganhar a eleição”, afirmou, durante coletiva em São Bernardo do Campo, antes de um ato político na Praça da Igreja Matriz.

Eleições 2014 - Marina diz que não está preocupada com pesquisa
Eleições 2014 – Marina diz que não está preocupada com pesquisa

Marina afirmou que não está preocupada com pesquisa e está tranquila. “Não vamos utilizar o espaço da democracia conquistada a duras penas para assacar medidas e boatos contra quem quer que seja”, reforçou. “Nesse momento estamos tranquilos vamos continuar fazendo o debate, não é o embate.”

Segundo a candidata, não há como ter argumentos para combater o “marketing selvagem” dos adversários, mas é possível que haja discernimento. “E a sociedade brasileira haverá de ter discernimento e está tendo”, afirmou.

Marina aproveitou a coletiva para criticar os adversários, incluindo o tucano Aécio Neves, pelo fato deles não terem apresentado programa de governo. “Gostaria que eles tivessem um programa para que a sociedade brasileira pudesse debater”, afirmou. “Nós estamos fazendo uma campanha com base em proposta, os nossos adversários é que têm que explicar porque durante 20 anos eles se combateram a ferro e fogo e agora estão unidos, PT e PSDB, numa mesma artilharia para destruir quem tem programa”, disse.

Segundo ela, “pela primeira vez na história desse País o PT e o PSDB estão juntos numa mesma cruzada de preconceito, boatos e difamações” para conter o avanço da sociedade que quer mudanças.

Questionada sobre as últimas críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a inexistência da nova política que Marina defende, a candidata reafirmou que sua atitude nessa campanha é sempre de oferecer a outra face e disse que nunca terá uma atitude de desrespeito com Lula, que foi seu amigo por mais de 20 anos.

Marina não quis comentar possíveis alianças para o segundo turno e disse que não se pode ter uma posição “arrogante” com os demais candidatos que estão na disputa.

Agência Estado
 

 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).