Inicio » Minas Gerais » MG – Pai sequestra e dá choques elétricos em filho de 9 anos

MG – Pai sequestra e dá choques elétricos em filho de 9 anos

“Ele quase matou o meu filho. Esse homem é um psicopata”. O desabafo emocionado é de uma mulher que teve o filho de apenas 9 anos sequestrado e torturado, na última quarta-feira (17), em Conselheiro Pena, no Vale do Rio Doce. O suspeito do crime é o próprio pai da vítima, que chegou a aplicar choques elétricos no garoto.

MG - Pai sequestra e dá choques elétricos em filho de 9 anos
MG – Pai sequestra e dá choques elétricos em filho de 9 anos

O pesadelo da dona de casa, que pediu para não ter o nome divulgado, começou depois que o menino saiu da escola e não chegou em casa. Preocupada, a mulher procurou a Polícia Militar para registrar queixa de desaparecimento.

“A mãe chegou ao quartel e contou que a criança tinha o costume de sair da aula por volta de 11h30, mas, até as 15h, não tinha chegado em casa. Além do desaparecimento, a mulher nos contou que achava que o responsável pelo sumiço era o pai do garoto que, há cerca de 20 dias, começou a perseguir o menino”, explicou o cabo Darlan Medeiros.

Uma viatura foi deslocada para realizar rastreamento na região. Militares foram até lagoas da cidade, onde crianças costumam brincar, mas a vítima não foi encontrada. Diante da denúncia da mãe, os policiais foram até o imóvel do pai do menor. Lá, nenhuma pista da criança foi encontrada. O suspeito de 34 anos negou que tivesse algum envolvimento no desaparecimento do filho e se dispôs a ajudar.

“Como não encontramos o garoto na casa do homem, continuamos procurando pelo município. Durante o patrulhamento, o celular da mãe da criança, que nos acompanhava na viatura, tocou. Do outro lado da linha era a irmã dela, que havia encontrado o sobrinho em uma pracinha daqui”, contou o militar.

A equipe deslocou até a praça e encontrou o menino chorando muito. Ele contou que, no fim da aula, seu pai apareceu e o obrigou a subir em uma motocicleta. Já em uma casa, que a criança não soube indicar o endereço, o menino foi amordaçado, teve as mãos e os pés amarrados e começou a receber choques elétricos nas pernas e região lombar. Após as agressões, o pai ainda ameaçou o filho, caso alguém soubesse do crime.

Depois do relato da vítima, o homem foi preso e continuou negando o crime. Ele foi encaminhado à Delegacia de Plantão de Governador Valadares, onde foi ouvido. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, durante depoimento, o suspeito disse que só pegou o filho porque ficou sabendo que a criança era maltratada pela mãe.

Por meio da corporação, a delegada responsável pelo caso, Verenna Laurenn Vidal de Assis, informou que o agressor foi preso pelo crime de tortura e levado para o presídio de Conselheiro Pena, onde segue à disposição da Justiça.

Perseguição

Muito abalada, a mãe da vítima contou à reportagem  que o homem nunca quis saber do menino. “Esse monstro não registrou o filho, nunca pagou pensão alimentícia, mas, agora, fica perseguindo o menino. Ele já chegou a falar que ia dar fim ao garoto”, disse a mulher de 31 anos.

Na versão dela, o casal teve um relacionamento rápido e não chegou a morar junto. Nos últimos dias, o agressor teria ido à escola da criança fazer perguntas para professoras. Além disso, o bandido teria procurado o Conselho Tutelar da cidade para dizer que o filho era maltratado.

Já em casa, o menor, que recebeu atendimento médico e foi liberado, está traumatizado com o que aconteceu. “Meu filho não para de chorar. Não quero mudar de cidade. Ele (o suspeito) tem que pagar pelo que fez. Se ele fez isso com o filho, imagina o que é capaz de fazer com outras pessoas? Não quero vê-lo nunca mais na minha vida”, finalizou a mãe. 

As informações são do Portal O Tempo

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).