Inicio » Economia » Economia de Minas Gerais cresce menos do que a média nacional

Economia de Minas Gerais cresce menos do que a média nacional

O Produto Interno Bruto (PIB) de Minas Gerais registrou crescimento de 0,3% no primeiro semestre de 2014, menor do que o resultado do país, que teve alta de 0,5%, conforme levantamento feito pelo Centro de Estatística e Informações da Fundação João Pinheiro (FJP). No mesmo período de 2013, Minas teve alta de 0,8%, enquanto que o país teve incremento mais expressivo (2,6%).

Seca prejudica agropecuária do Estado e PIB do setor cai 2,5%
Seca prejudica agropecuária do Estado e PIB do setor cai 2,5%

Na análise por segmentos, apenas o setor de serviços registrou incremento, com alta de 1,2% no Estado e de 1,1% para o país. E a queda mais expressiva em Minas foi para o segmento agropecuário, com recuo de 2,5%, enquanto que nacionalmente foi verificado crescimento de 1,2%. No ano passado, a atividade tinha contabilizado alta de 3,3% no Estado e expansão de 14,7% no país.

A coordenadora técnica da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), Aline Veloso, ressalta que o principal motivo para a retração do segmento agropecuário foi a seca, que foi mais prolongada este ano, e que prejudicou diversas culturas, entre elas, o café, a cana e em algumas regiões do Estado, a soja e o milho. “Se não fosse a falta de chuva, a história poderia ser outra”, diz.

Ela observa que a quebra de safra do café em Minas varia de 30% a 40%. “É um problema que deve ter impactos inclusive no próximo ano”, observa.

Apesar de o produto estar com bom preço, com saca de 60 quilos com valor médio de R$ 440 para o produtor, enquanto que no mesmo período do ano passado estava na casa dos R$ 285, os produtores estão tendo prejuízo, já que o volume colhido é menor. “O preço está mais alto por causa da pouca oferta. É o básico da economia, com menos produto no mercado, o preço aumenta”, analisa. A colheita do produto no Estado segue até o fim de setembro.

A presidente da Fundação João Pinheiro, Marilena Chaves, também ressaltou o impacto da seca no desempenho do PIB do Estado e observou que especificamente no subsetor de pecuária o desempenho de Minas Gerais deverá superar o do país em 2014. É o que indicam as taxas preliminares de crescimento real de alguns produtos deste setor projetadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Esalq/USP.

A previsão de incremento para bovinos no Estado é de 16,7%, maior do que a taxa de 1,1% para o Brasil. O mesmo acontece com o leite, com previsão de alta de 17% em Minas, ante uma elevação de 14,2% no país.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).